Leia também:
X A linguagem neutra e a agressão ao nosso idioma pátrio

Atitudes para ser um conquistador

Se a nossa força, o nosso milagre e a nossa vitória vêm do Senhor, não precisamos ter medo

Edvaldo Oliveira - 21/11/2021 08h00

Atitudes para ser um conquistador Foto: Freepik

Às vezes, tudo que precisamos diante de um desafio é ouvir a palavra certa. Há palavras que ouvimos que chegam no momento certo e que imediatamente nos motivam. É como se recebêssemos uma grande dose de energia.

Quando se revelou a Moisés, Deus fez isso com um sinal, falando no meio de uma sarça ardente e, depois, houve uma sequência de milagres. Mas precisamos reconhecer que, em alguns momentos, Deus não vai fazer milagres (como fez com Moisés), nem haverá uma grande manifestação de poder (como foi com Sansão). O Senhor simplesmente vai liberar uma palavra.

Foi isso o que aconteceu com Josué antes de ele ser usado para liderar o povo na conquista da terra prometida. Os israelitas já tinham visto muitos milagres, desde sua saída do Egito e ao longo dos 40 anos no deserto. Então, o que eles precisavam naquele momento era de uma palavra da parte de Deus e, principalmente, terem atitude diante daquela palavra.

O texto que eu vou usar inicialmente está em Josué 1:1 (NVI): “E sucedeu depois da morte de Moisés, servo do SENHOR, que o SENHOR falou a Josué, filho de Num, auxiliar de Moisés, dizendo…”

O próprio Deus estava falando com Josué. Deus conhecia o coração de Josué, por isso começou falando de várias promessas e terminou com alguns conselhos para o novo líder que havia sucedido Moisés. Nessas palavras ditas pelo Senhor, nós podemos identificar cinco atitudes que são necessárias para todos aqueles que estão diante de grandes desafios.

No versículo 2 de Josué 1, Deus diz: “Preparem-se“. Diante dos desafios, precisamos estar preparados. O Jordão era o primeiro obstáculo a ser vencido, e aquela era a época da cheia do rio, por isso a travessia não era algo tão simples. Mas Deus ordena a Josué que se levante e se prepare.

Talvez o nosso receio diante dos desafios aconteça pelo fato de não estarmos preparados. Mas não importa qual seja o obstáculo que você deve encarar, Deus ordena que, antes, você se prepare.

Cada um de nós deve compreender essa preparação de uma forma específica, de acordo com a sua realidade. Contudo, independente desta realidade, devemos orar e buscar a Deus. Isso é essencial quando formos nos preparar.

A segunda atitude está no versículo 6 de Josué 1: “Seja forte e corajoso”. Josué teve medo, porque ele associou os milagres que presenciou à figura de Moisés, mas precisava entender que tudo aquilo vinha de Deus.

Em João 3:27 (ARA), Jesus diz que “ninguém pode receber coisa alguma se do céu não lhe for dado”. E, em Tiago 1:17 (NVI), está escrito que “toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, que não muda como sombras inconstantes”.

Se a nossa força, o nosso milagre e a nossa vitória vêm do Senhor, não precisamos ter medo. Ele está conosco em todo desafio que tivermos de enfrentar.

A terceira orientação de Deus para Josué está no versículo 7 de Josué 1, onde o Senhor diz para ele “obedecer a toda a lei”, e não se desviar nem para a direita e nem para a esquerda. Isto fala de santidade, de andar nos caminhos do Senhor. Muitas vezes vão surgir propostas que vão querer nos tirar do caminho correto, mas devemos seguir em frente, sabendo que a nossa retidão agrada a Deus.

A seguir [em Josué 1.8], Deus fala sobre a importância de Josué encher a sua mente com a Palavra do Senhor.

Deus sabia que, durante a conquista, em algum instante a mente de Josué poderia ser bombardeada por todo tipo de pensamentos, que poderiam confundi-lo, desanimá-lo ou colocar dúvida em seu coração. Por isso, era importante que Josué tivesse um tempo para meditar na Palavra de dia e de noite.

Paulo escreveu que devemos encher a nossa mente com tudo o que for bom e verdadeiro, o que merecer elogio, que for digno, correto, puro, agradável e decente.

E a última atitude que o Senhor pediu que Josué tivesse foi de não desanimar. No versículo 9 de Josué 1, Deus diz: “Não desanime”.

Entenda que o Senhor não estava dando a Josué nenhum poder sobrenatural. Ele estava apenas falando com Josué. A atitude de não desanimar tem a ver conosco. Não importa o tamanho dos desafios ou dos problemas que estivermos enfrentando, não podemos nos prostrar, temos que ter ânimo.

Deus nos ajuda nas nossas fraquezas. Ele não nos desampara. Mas essa iniciativa de prosseguir é nossa. Então, quando você perceber que não tem mais forças, apenas ore ao Senhor e diga como você está sentindo. Na fraqueza, Deus nos faz fortes.

ORAÇÃO
Pai amado e querido, somos gratos porque o Senhor ministra todos os dias ao nosso coração por meio da Tua Palavra. Muitos são os desafios que estão à nossa frente, Senhor. Mas sabemos que podemos contar contigo em todos eles. Ministra ao nosso coração força e coragem e enche a nossa mente com a Tua Palavra porque, assim, teremos a certeza de que seremos vitoriosos não somente agora, mas em todas as etapas da nossa vida. Nós oramos e Te agradecemos em nome de Jesus. Amém.

Edvaldo Oliveira é coordenador e idealizador do Ministério Minuto com Deus. É formado em Teologia Ministerial pelo Seminário Cristo para as Nações e em Administração de Empresas. Mora em Belo Horizonte e congrega na Igreja Batista Videira.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.