Leia também:
X Leia antes de começar a fazer investimentos financeiros

3 coisas que precisamos lembrar

Temos a forte tendência a vacilar em tudo

Edvaldo Oliveira - 22/07/2021 07h00

3 coisas que precisamos lembrar Foto: Pixabay

“Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa.” (Isaías 41:10)

Infelizmente, temos uma enorme facilidade de esquecer-nos de algumas coisas que são essenciais e de lembrar-nos de tudo aquilo que nos machuca, que nos paralisa e que nos tira a paz.

No capítulo 4 de seu livro, o profeta Isaías nos fala de três coisas extremamente importantes e que podem até parecer simples no momento em que lemos sobre elas, mas, se pararmos para pensar sobre o que representam, entenderemos a profundidade delas.

A primeira coisa essencial que devemos lembrar é que eu e você não precisamos ter medo.

Não dá para negar que todos nós enfrentamos momentos de incerteza; momentos em que não conseguimos ver nenhuma possibilidade diante nós, por causa dos nossos problemas, e ficamos totalmente inseguros sobre o que virá a seguir. Não tem problema algum em ter esse tipo de sentimento; afinal, somos de carne e osso e temos a forte tendência de vacilar em tudo, que dirá em nossa confiança em Deus!

Costumamos projetar experiências dolorosas do passado em nosso futuro, e isso nos faz ficar receosos pelo dia de amanhã. Mas precisamos lembrar que, com o Senhor ao nosso lado, não precisamos temer, pois, mesmo que venhamos a sentir medo num determinado momento, não precisamos permanecer nele, sucumbir ao medo.

A segunda coisa essencial que devemos lembrar é que eu e você pertencemos a Deus.

As dúvidas que surgem ao longo de nosso caminhar costumam fazer-nos questionar tudo, até mesmo nossa identidade. O problema de esquecermos que somos filhos, servos e amigos do Senhor é que logo começamos a agir de uma forma que desagrada ao Pai e, assim, nós nos tornamos inimigos Dele.

Nossa identidade no Senhor é algo que deve ser assimilado por nós todos os dias. E o único jeito de fazermos isso é relacionando-nos com Deus pela oração e pela leitura da Palavra de modo diário, constante. Ao alimentarmos a nossa alma com a Palavra e a presença do Senhor, todos os dias seremos lembrados de nossa identidade e a Quem pertencemos. Eu e você pertencemos a Cristo, e o nosso coração precisa ser lembrado disso dia após dia.

A terceira e última coisa essencial que devemos lembrar é que o Senhor é quem nos fortalece.

Muitas vezes eu e você acreditamos que conseguimos lidar com nossas dificuldades sozinhos e, pior, achamos que conseguiremos lidar com os problemas dos outros também. Juntamos tudo isso e colocamos a carga sobre nossos ombros, achando que, por força própria, conseguiremos caminhar e prosseguir. Porém, pelo excesso de peso, logo vem um tropeço para nos lembrar de que a nossa força está em nós, mas não vem de nós. A nossa força vem do Senhor. Devemos, pois, declarar a nossa dependência constante do Senhor, enxergar onde de fato nós estamos ‒ nas poderosas mãos do nosso Deus ‒ e reconhecer que somos totalmente carentes de Seu amor e de Sua proteção.

Eu quero orar com você agora.

Deus, obrigado por Tua Palavra e pelo Teu amor. Perdoa-nos por termos um coração teimoso e por insistimos em querer aguentar as coisas sozinhos. Perdoa-nos por essa mente conturbada que insiste em nos dizer que precisamos temer. E perdoa-nos por esses pés vacilantes que nos levam por caminhos que não Te agradam. Faz-nos lembrar de que não precisamos ter medo. Faz-nos lembrar de que pertencemos a Ti e de que a nossa força vem de Ti. Que nós possamos encher-nos a cada dia mais da Tua palavra e da Tua presença! É o que nós Te pedimos em nome de Jesus. Amém.

Edvaldo Oliveira é coordenador e idealizador do Ministério Minuto com Deus. É formado em Teologia Ministerial pelo Seminário Cristo para as Nações e em Administração de Empresas. Mora em Belo Horizonte e congrega na Igreja Batista Videira.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.