Como lidar com o desinteresse de meu filho pela igreja?

Cabe ainda avaliar quais os motivos que levam seu filho a não se interessar pelas atividades lá desenvolvidas

Como Lidar - 26/02/2019 10h04


“Meu filho adolescente não quer mais frequentar a igreja. Todo domingo eu o levo quase que obrigado e, durante a semana, ele quer sair com os amigos para festas. Não quero que ele se desvie, mas não sei o que fazer. Como lidar com esta situação?”

Carlos Alberto dos Santos, Belo Horizonte, MG

RESPOSTA:

Prezado leitor, sua inquietação e preocupação são legítimas e compreensíveis. Todo pai ou mãe busca o melhor para os seus filhos e cremos que uma criação dentro da igreja, uma criação sob a influência da Palavra de Deus é o melhor para eles. Porém, em dado momento da vida, chega a hora em que eles precisam fazer a opção deles por Jesus.

Enquanto ele for menor de idade e viver sob o seu teto, ele tem que seguir as suas orientações, as suas ordens e não há o que se discutir sobre isso. Mas isso resolve o problema apenas parcialmente. Em algum momento ele não estará mais sob essa supervisão e passará a andar sozinho.

Entendo que a oração, o discipulado dentro de casa e a orientação à luz do que a Palavra de Deus que nos diz: “Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se esquecerá dele” (Provérbios 22:6), deve ser a nossa melhor estratégia.

Instruir seu filho é orientação bíblica e é o que compete aos pais realizar. Contudo, cabe ainda avaliar quais os motivos que levam seu filho a não se interessar pelas atividades lá desenvolvidas. Pode ser uma linguagem que não comunique, ou talvez a ausência de um trabalho específico para a idade dele. É possível que algo assim esteja motivando este afastamento.

De qualquer forma, continue orando, testemunhando e ensinando o Evangelho ao seu filho. Mas não esqueça de que a escolha, em algum momento, será dele, e você não deve se sentir responsável por esta decisão, que deve ser pessoal.

Que Deus os abençoe e que seu filho realmente possa ter um encontro transformador com Jesus.

André Oliveira é pastor de jovens na Primeira Igreja Batista em São João de Meriti, no Rio de Janeiro. É advogado, graduado em teologia pelo Seminário Teológico Betel, possui pós-graduação em teologia bíblica e sistemática pelo Seminário Batista do Sul do Brasil e é professor de teologia na FATEF e no CIEM.

COMO LIDAR tem o propósito de servir como ferramenta de esclarecimento e apoio aos leitores apresentando perguntas e respostas, sobre variados temas.

Se você tem alguma questão ou dúvida que precise da explicação de um profissional, envie para redacao@plenonews.com.br


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo