Como lidar com o desejo de ser músico?

Tanto a preparação quanto a remuneração dependerão da habilidade, dedicação pessoal e de uma boa orientação

Como Lidar - 16/04/2019 10h25


“Quero ser músico, mas não sei por onde começar. Além disso, tenho medo dos meus pais não me apoiarem. Como lidar com esta situação?”

Carlos Eduardo dos Santos, Bauru, SP

RESPOSTA

“E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores” (Efésios 4:11).

Este texto acima mostra o quanto Deus agracia a todos, sempre para o que for útil e necessário. A Bíblia dá a entender que no céu haverá música. Os anjos cantaram. Então, fazer música, pode ser comparado a ter um pedacinho do céu aqui neste mundo. Dito isto, afirmo a você que ser músico é um sacerdócio.

É bom lembrar que, geralmente, o músico trabalha quando todos estão de folga. Ou seja, nos dias “normais”, o músico está estudando e se preparando para se apresentar (trabalhar) nos sábados, domingos e feriados. Em tempos de crise, claro, essa carreira será vista como algo supérfluo e qualquer um que pensa em ser músico por conta do glamour da apresentação ou dos aplausos, deve levar em consideração que muitas peças (cantadas ou tocadas) precisam de muito tempo de estudo para serem amadurecidas, o que acontecerá a partir do tempo investido para o devido desenvolvimento técnico.

Considerando que ser músico é algo muito abrangente, o indivíduo que sente o desejo de seguir esta carreira poderá ser: professor, instrumentista, cantor, maestro. Atividades que poderão ser exercidas de forma solo ou conjunta.

Tanto a preparação quanto a remuneração dependerão da habilidade, dedicação pessoal e de uma boa orientação. Levando em consideração o nível de informação e formação, o músico poderá, mais facilmente, optar pelo estilo que mais lhe agrada ou convier, seja ele sacro, popular e/ou erudito.

E, sim. Para ser um bom músico, é preciso muita, mas muita dedicação e muito, muito tempo de preparação. Esta é uma profissão totalmente prática e a sensação é de que sempre precisamos ou podemos melhorar.

Termino dizendo que só se mantem músico, quem realmente ama o fazer musical e não se vê fazendo outra coisa na vida. Se este é o seu caso, enfrente todos os obstáculos, ignore aqueles que tentarão te desestimular e mergulhe neste grande e belo desafio!

Ilem Vargas 1° tenor do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, formado pela Escola de Música da UFRJ, pianista, professor de canto, piano e percepção musical; regente coral, diretor musical, organista e coordenador musical da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro.

COMO LIDAR tem o propósito de servir como ferramenta de esclarecimento e apoio aos leitores apresentando perguntas e respostas, sobre variados temas.

Se você tem alguma questão ou dúvida que precise da explicação de um profissional, envie para redacao@plenonews.com.br


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo