Como deixar de procrastinar? De “empurrar tudo com a barriga”?

Leitora tem problemas em deixar tarefas para última hora. Coach dá dicas valiosas

Como Lidar - 07/08/2018 10h27

“Vocês poderiam me ajudar? Me considero uma pessoa que gosta de tudo bem-feito. Mas tenho o péssimo hábito de apenas cumprir os prazos no último momento, nos cinco minutos finais da ‘dead line’. Eu sei que tenho que fazer, eu faço, mas vou empurrando com a barriga até não dar mais. Sou uma procrastinadora mesmo? E se sou, como posso vencer esse defeito? Muito obrigada.

Ângela Maranhão, Londrina, Paraná”.

RESPOSTA:
Oi, Ângela, para muitas pessoas, a procrastinação já virou um hábito. Adiar atividades ou demorar um tempo maior do que o necessário para executar uma tarefa é, para muitos, uma regra no dia a dia. Isso afeta não só o rendimento do seu trabalho, mas toda a sua rotina.

Respondendo a sua pergunta, analise: Você costuma se sentir angustiado, ter a sensação de trabalhar sem descanso e não conseguir administrar os seus momentos de lazer com as horas de trabalho? Se a sua resposta for “sim”, você provavelmente é um procrastinador.

Existem muitos motivos para ser um procrastinador. Mas como saber? Muitas vezes são as atitudes mais simples que podem ajudar a identificar se somos ou não. Por isso, fique atento se você faz parte daqueles que:

  • Se distraem constantemente nas redes sociais;
  • Usam constantemente o botão da soneca;
  • Perdem prazos de inscrição em vagas de trabalho;
  • Adiam as tarefas mais complexas e que exigem mais dedicação e atenção;
  • Perdem mais tempo do que o necessário fazendo tarefas simples;
  • Inventam tarefas momentâneas e, com isso, adiam outras tarefas importantes;
  • Ligam o computador para trabalhar e se perdem navegando em sites da internet;
  • Não tem foco;
  • Não cumprem prazos ou os cumprem no último minuto;
  • Viram noites trabalhando ou estudando;
  • Deixam para fazer as coisas na última hora.

Se essas ações fazem parte da sua rotina, você é um procrastinador. Você está se autoboicotando, impedindo a si mesmo de atingir os seus objetivos e o seu sucesso. Por isso, é importante ficar atento em como essas ações podem estar afetando a sua vida e a sua saúde para tomar as atitudes necessárias.

Como vencer a procrastinação?

Existem muitas técnicas para vencer a procrastinação, mas o primeiro passo é reconhecer quais são os seus gatilhos. Com isso, você poderá identificar quais são os seus autoboicotes para agir sobre eles.

Quero lhe dar algumas dicas básicas podem servir para você criar um senso de responsabilidade e urgência. Essas dicas ajudarão você a parar de adiar seus compromissos:

  • Tenha uma planilha das suas atividades, seja em um caderno ou em um aplicativo;
  • Perceba quais são as suas horas mais produtivas (manhã, tarde, noite) e se organize para tirar proveito desse momento;
  • Comece o seu dia com as tarefas mais importantes;
  • Crie um senso de urgência para não adiar os seus compromissos;
  • Fique longe das distrações, como celular, redes sociais e internet;
  • Encontre prazer no processo de executar as suas tarefas;
  • Crie recompensas para as tarefas executadas e consequências para as que são adiadas;
  • Divida uma tarefa complexa em várias tarefas simples;
  • Busque alternativas e acompanhamento especializado, como um coaching de alcance de metas. Isso também é essencial para você atingir os seus objetivos.

Espero ter ajudado, boa sorte!

Paulo Vieira é master coach, escritor e conferencista, PhD e fundador da Febracis.

COMO LIDAR tem o propósito de servir como ferramenta de esclarecimento e apoio aos leitores apresentando perguntas e respostas, sobre variados temas.

Se você tem alguma questão ou dúvida que precise da explicação de um profissional, envie para redacao@plenonews.com.br