CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Coisas que você NÃO deve economizar

Home Office: Estilo de vida como opção ou ocasião?

Decidi trabalhar em home office há quase 15 anos

Bia Sartori - 30/04/2020 13h04

Com o avanço da tecnologia, o acesso aos computadores pessoais e smartphones, foi modificando a forma de trabalhar e onde é executado o trabalho ou parte dele. O que antes, nossos pais anotavam em um caderno, guardavam em pastas e muitas vezes usavam algum espaço livre em alguma mesa para fazer suas contas e anotações, também se modificou.

Algumas casas antigas e de classes mais altas, tinham um escritório ou biblioteca, que era de uso geralmente dos homens da família. Já hoje, qualquer casa que tenha acesso a internet, por menor que seja, precisa de um canto reservado para o computador ou apoio para notebook.

Nossas casas de hoje, precisam de um espaço, o tal home office. Seja para o trabalho informal, de administrar as finanças e documentos pessoais e da família, seja para continuar um trabalho do trabalho formal, ou ainda para aquele que é autônomo e empreendedor, sem contar os compartilhamentos com os filhos, para as loções de casa.

Uma coisa é certa, no mínimo, mesa, cadeira, iluminação e alguns acessórios já compõem esse home office. Ele pode ter um ambiente só para ele ou pode ser anexado e conjugado com outros usos.

Então, vamos ao necessário! As mesas devem possuir superfícies planas (madeira, vidro, mármore, granitos e MDF revestido), com medidas mínimas de 1,2m de extensão e 0,50m de profundidade. A altura padrão é 0,72m – 0,75m.

O capítulo cadeiras, dá uma matéria inteira, pois depende do tempo que você fica nela. Existem modelos básicos, giratórias, com regulagem de altura de assento, regulagem de inclinação do encosto, com ou sem braços, apoio de cabeça, etc. Quem fica muito tempo nelas, pode se dar ao luxo de comprar cadeiras especiais para jogadores de games, que são verdadeiras obras de ergonomia.

A luminosidade deve ser direta, ou seja, com foco no centro da mesa. A iluminação artificial deve ser de cor branca morna, para não cansar o olhar. Usamos uma luminária no teto, que é a iluminação geral do ambiente e outra específica para a mesa, que pode ser na própria mesa, no chão com ajuste de posição ou até embutida em prateleiras.

Se puder colocar a mesa na perpendicular de uma janela, perfeito! Mas, cuidado em qual lado estará a janela, do lado direto para quem é canhoto e do lado esquerdo para quem é destro. Assim, enquanto escreve, não há sombra! A janela na frente da mesa, pode ser incômodo, pela claridade excessiva. E nas costas, dá muito reflexo nas telas. Cortinas e persianas entram como acessórios no controle da luminosidade.

Tudo o que se usa no momento home office, precisa estar perto. Estante ou prateleiras para livros e pastas, acessórios podem estar organizados em gavetas ou sempre à mão. Tudo depende do que é mais funcional para você. Quadro de lembretes, painéis decorativos, etc. Mas, lembre-se, nada disso resolve seu trabalho sem uma palavra chave: organização.

Organização do espaço é muito importante, mas se esse conceito não se expandir para organização de tempo, tipo de concentração, objetivos e tarefas, todo o empenho é em vão. Podemos tirar uma foto de um belo ambiente, mas que não é funcional para o seu caso, o seu tipo de trabalho.

Com as orientações do isolamento social, pela pandemia do covid-19, ouço muitos relatos de homens e mulheres que nunca usaram tanto o home office. E que por várias razões, estão se debatendo. Mas, é só lembrar, que ajustes são difíceis, mas trazem crescimento e maturidade para todos, até para os filhos aprenderem o quanto você trabalha e em que condições.


Decidi trabalhar em home office há quase 15 anos, exatamente quando minha filha fez 2 anos, e priorizei compartilhar o tempo com ela. Então, fui ajustando tudo: blocos de tempo para administração da casa, blocos para trabalho focado e blocos em que podia trabalhar e partilhar o mesmo ambiente com ela. Não foi fácil, mas foi divertido!

Meu trabalho não tem rotina, por isso mesmo, preciso estabelecer blocos de tempo, senão a produtividade fica zerada. Há períodos que reúno tarefas de mais concentração, mescladas com tarefas de expansão e relaxamento. Sempre defino tempo de levantar e beber água, ir ao banheiro e aproveito para voltar com o objetivo de responder e-mails, mensagens ou fazer algumas ligações, graduando o nível de concentração.

Também tenho dias ou períodos pré-estabelecidos para sair, atender clientes, visitar lojas e acompanhar obras. Cada trabalho requer um olhar cuidadoso para verificar esses pontos chaves: ambiente, mobiliário, tipo de tarefas executadas e tempo organizado.

Bom planejamento é sinônimo de um excelente trabalho! Organize seu espaço, organize seu tempo! Dentro e fora de você!

Bia Sartori , designer de interiores formada pelo SENAC e pós-graduada pelo IPOG; personal organizer formada pela OZ!, pedagoga com especialização em Orientação Educacional pela PUCC.
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo