Leia também:
X Dia 19/02/21: O dia em que os deputados votaram pelo fim de suas prerrogativas parlamentares

Valorizando a função dos catadores no meio ambiente

Os catadores de material reciclável são agentes ambientais essenciais, pois o índice de coleta seletiva aumenta

Bia Kicis - 24/02/2021 12h10

A luta por um Brasil sustentável é uma pauta muito importante em meu mandato. Por isto, conheci de perto um trabalho maravilhoso e digno que corrobora com essa luta. Os catadores de material reciclável são agentes ambientais essenciais, pois o índice de coleta seletiva aumenta, fazendo fluir a cadeia sustentável, com a possibilidade de reaproveitar e reciclar materiais inutilizados.

De acordo com uma estimativa do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, existem cerca de 800 mil catadores em atividade no Brasil. Os catadores são responsáveis por 90% dos materiais que passam pela reciclagem no país. Logo, o trabalho dos catadores é importante para o crescimento sustentável de nossa nação.

No ano passado, tive a honra de visitar a sede da Recicle a Vida, que é uma cooperativa idealizada por um grupo de catadores de resíduos. Ela foi fundada em fevereiro de 2005 e, desde o começo, busca conscientizar a comunidade sobre a importância da coleta seletiva. Em 2012, o grupo ampliou e agregou outras 8 cooperativas. Hoje, são um total de 10 cooperativas que fazem parte da Rede Alternativa do DF e RIDE.

Os catadores são responsáveis por 90% dos materiais que passam pela reciclagem no país

Após muitos anos de luta pela conquista de seu espaço e de sua dignidade, os catadores, que trabalhavam nas ruas, hoje contam com uma excelente estrutura que lhes oferta cursos de capacitação, eventos para a família, cozinha e refeitório, e possuem até plano de saúde.

Uma das coisas que mais me deixou maravilhada com a visita [à Recicle a Vida] foi a postura dos funcionários. Eles deixaram bem claro que não estão interessados em usar o vitimismo para obter suas conquistas, e sim o suor de seu trabalho.

Minha luta como parlamentar consiste na valorização do trabalhador honesto e no rompimento da cultura vitimista, impregnada em nossa sociedade pelos governos passados.

Na conversa com os catadores, eles disseram que não são menores pela profissão que exercem. E eu digo, com toda a certeza, que realmente não são. Quando vi tudo o que eles foram capazes de construir, fiquei muito esperançosa.

Destinei emendas no valor de R$3 milhões para as cooperativas de catadores e recicladores do DF. Fiquei muito impressionada com o trabalho realizado por eles. As cooperativas ajudam a dar dignidade aos cooperados. A emenda vai proporcionar compra de caminhões, de máquinas e equipamentos, bem como melhorar, cada vez mais, o ambiente de trabalho deles.

Na conversa com os catadores, eles disseram que não são menores pela profissão que exercem

No entanto, é necessário que as pessoas possam mudar sua compreensão sobre os catadores e sobre a importância da coleta seletiva, da logística reversa e da sustentabilidade.

Não só os catadores, mas também o nosso Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, têm feito um ótimo trabalho e têm nos conduzido por um caminho de muitas conquistas. Espero que todos apoiem esta causa tão importante em prol dos catadores e do nosso meio ambiente.

Quero parabenizar a cooperativa Recicle a Vida, que é um exemplo. Quero também agradecer a todos os catadores por seu serviço tão importante para nós, que lutamos por um país cada vez mais sustentável!

Bia Kicis foi procuradora do Distrito Federal durante 24 anos, ativista e atualmente é deputada federal pelo PSL/DF.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Precisamos falar sobre aborto
2 Nosso semiárido é terra de 27 milhões de brasileiros
3 Mensagem de otimismo
4 Abusos praticados contra o cidadão de bem

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.