Princípios Bíblicos para se obter a verdadeira prosperidade: Gratidão

"Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus" 1 Tessalonicenses 5:18

Anderson de Alcantara - 16/10/2019 12h25

Dando continuidade à série de artigos sobre os Princípios Bíblicos para se obter a verdadeira prosperidade (o índice para os capítulos anteriores encontra-se ao final deste artigo), hoje falaremos sobre o princípio da GRATIDÃO.

Após desenvolver uma melhor consciência sobre as suas reais prioridades na vida, e fortalecer seu espírito de contentamento – do qual falamos aqui no capítulo anterior – você automaticamente começa a ser uma pessoa de coração mais grato, pois passa a reavaliar seus verdadeiros afetos.

Na verdade, o padrão que deve ser buscado por todo discípulo de Jesus é o Dele mesmo, que não tinha onde reclinar a cabeça (Mateus 8:20); e que deu graças mesmo no momento mais delicado de sua vida (1 Coríntios 11:23-24). Ser grato em qualquer situação é entender que estamos vivendo os propósitos de Deus.

Entenda: Viver na linha da vontade de Deus não significa isenção de problemas. Muito pelo contrário. Mas sim estar na sua companhia constante e protetora. Estar nesse lugar é ter o coração guardado da amargura e grato por entender que tudo é permissão Dele. Viver segundo a vontade de Deus é viver por propósitos maiores do que nós mesmos e assim ser gratos porque somos chamados por Ele.

Somos desafiados a ter nossas raízes no céu e não na terra. Este plano aqui não é nosso objetivo; aqui estamos de passagem; portanto o que o Senhor lhe concedeu / confiou para cuidar até agora, por aqui, é motivo de gratidão. Seja grato pelo que você conquistou até aqui.

Um dia desses eu vi um post fantástico no Instagram, o qual repliquei imediatamente em minhas redes sociais. Era a foto de um cartaz colocado na entrada de um restaurante aqui no Brasil, que dizia:

Que frase fantástica! Que mensagem poderosa!

Quando dei de cara com essa frase, imediatamente interrompi minha correria de tarefas e me lembrei da infância difícil, apesar dos meus pais esforçados, morando na beira do rio em uma comunidade carioca. Recordei de ter estudado como bolsista numa pequena escola mantida por uma fábrica no subúrbio do Rio de Janeiro; de ter começado como vendedor de picolés aos 12 anos de idade, e aos 15 já estar trabalhando em um grande banco, de carteira assinada, graças a vários cursos feitos no SENAC nesse meio tempo.

Sempre agradeço imensamente a Deus pela situação atual na qual me encontro, mesmo não sendo ainda a ideal com a qual sonhei para mim e meus familiares, mas que é infinitamente muito mais abençoada e próspera do que aquela que eu tinha quando vim ao mundo.

Viver constantemente num estado de gratidão certamente é uma dadiva do Espírito Santo, o qual só possível para aqueles que vivem Nele; pois o que o mundo nos ensina é a viver permanentemente na busca desenfreada por mais coisas, gerando frustração quando não as conquistamos, e com pouca gratidão pelas bênçãos recebidas gratuitamente de um Pai de Amor.

Nosso Pai de amor cuida de nós nos detalhes, e eu posso lhe garantir que os seus motivos de agradecimentos são bem maiores que os seus motivos de grandes murmurações.

Mesmo, até, que você tenha experimentado em sua vida momentos que não gostaria de ter experimentado. Saiba que você pode não entender o porque destas coisas, mas é certo que se Deus as permitiu é por amor à sua vida, pois Deus é amor. Há coisas ocultas que não entendemos, precisamos apenas confiar e agradecer por que Ele sabe o que é melhor para cada um de nós sempre.

Por hoje fico aqui, lembrando que, caso você tenha alguma questão ou dúvida relacionada a Finanças Pessoais, envie-a para redacao@plenonews.com.br e eu terei o maior prazer em responder e tentar lhe ajudar.

ARTIGOS ANTERIORES DESTA SÉRIE:
(clique no título para abrir cada artigo)

1. Introdução
2. Mordomia
3. Trabalho
4.Contentamento

Forte abraço, sucesso, fiquem na Paz, e até semana que vem se Deus quiser!

Anderson de Alcantara é profissional do mercado financeiro há 30 anos, atua como consultor financeiro na 3468 Finance e é professor titular do Ministério Videira – Educação Financeira à luz da Bíblia.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo