Afinal, um cristão pode ou não jogar na loteria?

"Queres ser rico? Pois não te preocupes em aumentar os teus bens, mas sim em diminuir a tua cobiça" - Epicuro

Anderson de Alcantara - 19/03/2019 10h34

A riqueza que é fácil de ganhar, é também fácil de perder Foto: Pixabay

Olá, caro leitor do Pleno.News! Como vai? Tudo bem?

Em meus atendimentos, ou quando dou palestras (principalmente quando ocorrem em igrejas), é comum eu ser abordado por esta questão. Em um país que ainda não saiu da maior crise econômica de sua história e com escassas oportunidades de crescimento financeiro, é perfeitamente natural que nossos ouvidos atentem de forma mais aguçada quando ouvimos a notícia de que um prêmio qualquer está acumulado em uma grande soma de dinheiro.

Prêmios de loteria já havia sido alvo de uma pequena observação em minha primeira coluna aqui no Pleno.News. Na ocasião eu comentei: “O fato é que, no geral, somos um povo hipócrita: enquanto achamos errado ser rico, formamos longas filas nas portas das lotéricas quando algum prêmio alto se acumula (…) Uma tremenda incoerência” (clique aqui para ler o artigo na íntegra).

De modo bastante objetivo, posso lhes assegurar que quem professa a fé Cristã (seja católico, evangélico, ou de qualquer outra corrente doutrinária) e frequentemente faz apostas em jogos de azar visando ganhar prêmios em dinheiro (Mega-Sena, Loteria Federal, Loto, Bingo, Raspadinhas, Tele-Sena, Jogo do Bicho, etc.), incorre em pelo menos 03 pecados:

  • AVAREZA

Avareza é o apego ao dinheiro. A Bíblia nos alerta que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males (I Timóteo 6:10). Ninguém deve ter como único objetivo de vida meramente ser rico. Quem assim o pensa, já é miserável e não sabe (Provérbios 28:22 , Apocalipse 3:17-18); além de estar com o coração voltado exclusivamente para este plano terreno e passageiro, esquecendo-se do plano Eterno (Mateus 6:19-21).

  • PREGUIÇA

O segundo desejo da grande maioria que almeja ficar rico da noite para o dia é pedir demissão de seu trabalho no dia seguinte e começar a viver só da gastança. “Nunca mais ter patrão”, “Férias para sempre” e coisa e tal. Isso é uma tremenda abominação perante os olhos de Deus ( 2 Tessalonicenses 3:10-12). Devemos nos lembrar que o trabalho foi instituído por Deus logo após a criação, no Jardim do Éden, antes da tentação e queda do homem, e que o fruto deste é bênção aprovada por Deus (Eclesiastes 2:24). Fomos colocados aqui para sermos mordomos do Senhor nesta terra e, mesmo com uma conta bancária recheada de forma tal que consigamos viver só dos seus rendimentos, devemos procurar ser úteis à sociedade até o último dia de nossa vida.

  • REBELDIA

Por fim (e o mais difícil de admitir), quem joga está procurando um atalho para ter suas questões financeiras solucionadas rapidamente e está claramente dizendo a Deus que não confia Nele como pleno provedor das suas necessidades pessoais. É um filho rebelde que não confia no Pai (Filipenses 4:19), mas sim no dinheiro; e com isso entristece e desobedece a Deus (Mateus 6:19-21). Com sorte, talvez um dia, quem sabe, possa ter a chance de voltar para a casa do Pai todo arrebentado(a), com uma mão na frente e outra atrás, como na parábola do Filho Pródigo (Lucas 15:11-21).

Lembre-se que a riqueza que é fácil de ganhar, é também fácil de perder. Muitos ganhadores (eu diria que a absoluta maioria, pelo que eu já vi, ouvi e atendi por aí) de prêmios altos em sorteios e programas de TV acabam igualmente ou mais pobres do que eram antes de receber suas grandes somas de dinheiro. Por sua falta de preparo, vão à falência por causa da obsessão por novos carros e propriedades, e por se meterem em negócios sobre os quais não tinham nenhum conhecimento.

Para formação de um patrimônio financeiro sustentável, nada substitui nossos 03 amigos Multiplicadores de Riqueza (clique aqui para ler). Como eu já andei falando um bocado por aqui sobre o esforço e os juros, a partir da próxima semana vou começar a trazer uma série de conteúdos sobre a importância do papel do tempo nesta sua caminhada rumo à tão sonhada LIBERDADE FINANCEIRA. Não perca!

Por hoje é só. Caso você tenha alguma questão ou dúvida relacionada a Finanças Pessoais, envie-a para redacao@plenonews.com.br, e eu terei o maior prazer em responder e tentar lhe ajudar.

Um forte abraço, sucesso, paz, amor e harmonia para você e sua família. E até semana que vem, se Deus quiser!

Anderson de Alcantara é profissional do mercado financeiro há 30 anos, atua como consultor financeiro na 3468 Finance e é professor titular do Ministério Videira – Educação Financeira à luz da Bíblia.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo