Leia também:
X A prostituta Raabe e os heróis da fé

Independência financeira: Você precisa conquistar a sua!

Muitos vivem em constante dependência financeira de terceiros

Aline Rodrigues - 31/08/2021 11h59

Independência financeira. Você precisa conquistar a sua! Foto: Pixabay

Ser independente financeiramente não quer dizer que você nunca mais precisará trabalhar nem que você já possui dinheiro suficiente para que ele seja aplicado e possa rentabilizar o ideal pelo resto da vida. Isso seria liberdade financeira. A independência financeira tem relação com o seu potencial produtivo financeiro e com a criação de reservas. É você saber que pode contar com a sua produtividade para pagar as suas contas, para morar onde mora ou onde gostaria de morar e para poder se planejar para maiores consumos.

Muitas pessoas vivem em constante dependência financeira de terceiros, e isso é muito ruim, pois faz com que elas se coloquem em situações negativas e, por vezes, até constrangedora.

A dependência financeira pode ser uma realidade para muita gente. Mas ela precisa ser avaliada e gerenciada como um momento da vida, e não como uma situação definitiva.

Busque avaliar os seus conhecimentos e a sua capacidade produtiva para entender de que forma você pode ser uma pessoa mais independente e ter uma reserva financeira ou renda que lhe dê tranquilidade para assumir responsabilidades e tomar decisões em sua vida por si mesmo.

Pessoas ficam presas a relacionamentos desgastados e ruins por estarem em uma situação de dependência financeira. Casais cujo relacionamento faliu não se separam, pois um dos cônjuges pode não ter recursos para manter a guarda dos filhos e, por vezes, acaba recebendo ofensas e “indiretas” por causa dessa questão.

É fácil de resolver? Não é. Mas é importante buscar a independência financeira, para que você seja 100% você e possa sempre tomar atitudes sem medo ou receio de terceiros. Pense nisso!

Aline Rodrigues é graduada em Administração, consultora financeira e educadora financeira, profissional no mercado financeiro há 7 anos, atua como CEO da Finapse.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.