CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Pijamas e looks para ficar em casa estão em alta!

Equilíbrio financeiro: Você tem?

Muitos pensam que estar equilibrado financeiramente significa apenas pagar todas as contas que possui

Aline Rodrigues - 19/05/2020 12h40

Sabemos que falar sobre finanças, muitas vezes, é um tema delicado. As pessoas tendem a fugir do assunto, não querem encarar a realidade ou não querem ter “trabalho”. Contudo, quando a vida financeira está em desequilíbrio, isso tende a impactar diversas áreas como os relacionamentos, o emocional, o acúmulo de dívidas, as expectativas de futuro, entre outros. E esse impacto pode, muitas vezes, virar uma barreira para a sua saúde e para seu equilíbrio financeiro.

Mas o que é esse equilíbrio financeiro?

Muitos pensam que estar equilibrado financeiramente significa apenas pagar todas as contas que possui. Mas isso chamamos de responsabilidade. O equilíbrio vem através do direcionamento financeiro, ou seja, você direcionar os seus recursos de forma organizada e de maneira que o mesmo te proporcione alcançar diversas metas e, claro, se sentir bem com os seus resultados.

Em resumo, podemos falar que o equilíbrio financeiro significa gerenciar os recursos de forma que você coloque dinheiro em todas as áreas importantes da sua vida (pessoal, familiar, social, estudos, lazer, futuro…) vivendo o hoje, sem deixar de lado o seu futuro financeiro.

Existem pessoas que, ao longo da vida e a medida que as contas só aumentam, tendem a se sabotar financeiramente, gastando o dinheiro sem planejamento e no impulso. Isso faz com que a grande maioria passe a vida consumindo inúmeras coisas, mas sem ter o devido equilíbrio. Consomem, mas cheios de culpas e incertezas, criando dívidas que não precisariam ter sido criadas, consumindo de maneira errada, simplesmente por não gerenciarem as finanças. Vivem o hoje e deixam de lado o amanhã.

Faça uma avaliação da sua vida financeira e verifique se você está em equilíbrio ou desequilíbrio financeiro.

Veja abaixo 3 dicas:

  1. Faça uma lista em relação as áreas da vida. Exemplo: vida pessoal, família, moradia, filhos, terceiros, educação, vida social, lazer, projetos de curto prazo, projetos de médio prazo, projetos de longo prazo, aposentadoria, doações, saúde e estética;
  2. Avalie quantas dessas áreas são esquecidas mensalmente/anualmente, quais são super valorizadas e quais deveriam receber mais atenção;
  3. Avalie em quais dessas áreas se você direcionar menos recursos poderá equilibrar as demais;

Alcançar o equilíbrio financeiro é fundamental para agir com organização e planejamento em seu dia a dia. Pense nisso!

Aline Rodrigues é graduada em Administração, consultora financeira e educadora financeira, profissional no mercado financeiro há 7 anos, atua como CEO da Finapse.
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo

Leia também: