Leia também:
X Por acaso, é pecado um cristão fazer uma tatuagem?

A rede social e seu impacto em sua vida financeira

Muitas pessoas vivam uma vida financeira fora da realidade por conta da imagem que desejam transmitir aos outros

Aline Rodrigues - 12/01/2021 15h26

A rede social é hoje uma das grandes influenciadoras em relação ao consumo e faz com que muitas pessoas tenham uma vida financeira fora da realidade, por conta da imagem que desejam transmitir aos outros, sem contar que ela acaba sendo uma grande vitrine para produtos e serviços.

O marketing e a publicidade sempre tiveram por objetivo despertar o desejo do consumo. E, com a rede social, essas ações comerciais são levadas para o dia a dia de influenciadoras e profissionais que são referências em seus mercados. Isso faz com que as pessoas consumam cada vez mais; e, sem organização, disciplina e planejamento financeiro, elas acabam criando dívidas e projetando uma vida de aparência, com sérias consequências financeiras.

Ter as finanças organizadas e planejadas ajuda a entender qual é o montante financeiro limite que você tem para gastos extras e gastos relacionados a consumo de roupas, acessórios e experiências.

Sem organização, disciplina e planejamento financeiro são criadas dívidas e projetada uma vida de aparência, com sérias consequências financeiras

E você? A rede social tem influenciado e impactado a sua vida financeira? Confira abaixo alguns questionamentos e avalie o seu momento atual.

  • Faça uma lista dos últimos 10 itens que você comprou;
  • Avalie o que motivou a compra (desejo x necessidade x terceiros);
  • Onde você pesquisou esses itens?
  • Quem tinha/fez algo e o motivou a ter/fazer isto também?
  • Quando você tomou a decisão de comprar algo, tinha certeza de que era o momento e de que poderia realizar esse gasto?
  • Quem mais o influencia hoje a consumir nas redes sociais?

A rede social é um ótimo local para pesquisar e tomar uma decisão de compra, mas cuidado para que ela não extrapole a sua realidade financeira e lhe cause problemas.

 

Aline Rodrigues é graduada em Administração, consultora financeira e educadora financeira, profissional no mercado financeiro há 7 anos, atua como CEO da Finapse.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 A importância da educação financeira
2 Retrospectiva financeira 2020: Já começou fazer a sua?
3 Como organizar as finanças pessoais e entrar 2021 da melhor forma
4 13° em mãos: Lições financeiras na pandemia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.