Leia também:
X Pfizer lucra US$ 8,1 bilhões com venda de vacinas no 3º trimestre

Yahoo e Fortnite deixam a China devido à pressão e censura

Empresas de tecnologia têm deixado o país por conta de imposições severas impostas pelo governo comunista

Pleno.News - 03/11/2021 09h12 | atualizado em 03/11/2021 09h27

China Foto: Pixabay

Duas grandes empresas de tecnologia americanas anunciaram nesta terça-feira (2) que, devido à pressão e censura que sofrem sobre suas atividades na China, optaram pelo encerramento completo de suas atividades no país asiático. São elas a companhia web Yahoo e a desenvolvedora de jogos Epic Games, que retirará o popular game Fortnite do território chinês.

Os serviços do Yahoo “não estão mais disponíveis na China continental” desde segunda-feira (1°), disse o grupo em um comunicado. O site de buscas da companhia funcionava no país desde 1999. Porém, a partir de 2013, o Yahoo passou a reduzir drasticamente o funcionamento da plataforma, em meio ao que chamou de um “ambiente comercial e jurídico cada vez mais difícil na China”.

No mês passado, a rede social profissional LinkedIn, da Microsoft, também anunciou sua saída da China devido a um “ambiente difícil”. Usando como justificativa a “estabilidade”, as autoridades chinesas têm removido da rede temas politicamente sensíveis e exigido dos gigantes da Internet que bloqueiem conteúdo indesejado.

Recusando-se a cumprir as exigências, as redes sociais americanas Facebook, Twitter, Instagram e YouTube, bem como a enciclopédia participativa Wikipedia e várias mídias estrangeiras são totalmente bloqueadas no país por uma “grande muralha informática”.

No mesmo contexto, a gigante americana de tecnologia Epic Games anunciou a retirada do seu popular jogo de sobrevivência Fornite da China. Em nota, a Epic anunciou que o jogo não estará mais disponível no país asiático dentro de aproximadamente duas semanas.

– Em 15 de novembro, vamos desligar os servidores, e os usuários não conseguirão mais se conectar – afirmou.

Com o anúncio, a empresa encerra um teste da versão do Fortnite criada especificamente para o mercado chinês, com um controle rígido sobre elementos violentos, obscenos ou politicamente sensíveis. No jogo participativo da Epic Games, os usuários interagem online em um ambiente hostil.

Leia também1 Em novo surto de Covid, China pede que o povo estoque comida
2 Xi Jinping diz que China 'sempre será construtora da paz mundial'
3 Apple derruba app da Bíblia na China após pedido do governo
4 Governo suspende produção de carne bovina para a China
5 Governo chinês quer doutrinar jornalistas ao Partido Comunista

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.