Leia também:
X Esposa de Zelensky fala sobre distância causada pela guerra

Varíola do macaco: Bélgica impõe quarentena a infectados

País é o primeiro a adotar a medida

Monique Mello - 23/05/2022 16h48 | atualizado em 23/05/2022 16h57

Bruxelas, capital da Bélgica Foto: Pixabay

A Bélgica “largou na frente” e se tornou o primeiro país a introduzir uma quarentena obrigatória para as pessoas infectadas com a varíola dos macacos. Até o momento, o país europeu está com quatro casos confirmados da doença.

Os cidadãos que contraírem o vírus agora terão que se isolar por um período de 21 dias, conforme disseram as autoridades de saúde belgas. A decisão foi tomada pelo Grupo de Avaliação de Riscos da Bélgica (RAG).

De acordo com o Daily Mail, a primeira infecção foi registrada no país na última sexta-feira (20). Todas as infecções estariam ligadas a um festival na cidade portuária de Antuérpia.

A maior incidência da varíola do macaco costuma ser em áreas de floresta tropical da África Central e Ocidental, onde o vírus é endêmico. Fora dessas regiões, a doença era detectada em pessoas que passaram pelo continente africano. No entanto, os últimos casos confirmados na Europa são em pacientes que não saíram de seus respectivos países, configurando transmissão comunitária no continente europeu.

A varíola do macaco é uma doença viral originária do reino animal, que apenas ocasionalmente provoca infecções em pessoas. O período de incubação da enfermidade costuma ser de 6 a 13 dias, mas pode oscilar também de 5 a 21.

Os sintomas são semelhantes aos da varíola agora erradicada, embora um pouco mais leves – febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, calafrios e exaustão. Também, muitas vezes há glândulas inchadas e uma erupção cutânea, que começa no rosto e se espalha para outras partes do corpo, principalmente nas mãos e pés.

Leia também1 Sauna LGBT é interditada por suspeita de varíola dos macacos
2 Argentina notifica 1° caso suspeito de varíola do macaco
3 Varíola dos macacos: OMS espera surgimento de mais casos
4 Biden: "Varíola do macaco é algo para todo mundo se preocupar"
5 Brasileiro é 1° infectado por varíola de macaco na Alemanha

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.