Leia também:
X Pacheco e Tebet são confirmados no Lide Brazil, em Londres

Vacinas originais não estão mais autorizadas nos EUA; entenda

Os imunizantes monovalentes serão substituídos pela vacina bivalente que protege também contra a variante ômicron

Leiliane Lopes - 18/04/2023 16h36 | atualizado em 18/04/2023 16h46

(Imagem ilustrativa) Foto: Pexels

As atualizações sobre o esquema vacinal nos Estados Unidos divulgadas esta semana deixam de oferecer as vacinas originais que estavam sendo aplicadas desde 2021, para utilizar apenas as vacinas bivalentes da Pfizer/BioNTech e da Moderna.

A decisão foi tomada pela Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora que equivale à Anvisa no Brasil, determinando que o esquema primário de vacinação pode ser feito apenas com as novas vacinas, com apenas duas doses iniciais.

Assim, as vacinas utilizadas anteriormente serão descontinuadas, pois, no entendimento da agência, a nova geração de vacinas pode substituí-las. Não há nesta decisão nenhuma motivação que desqualifique a eficácia ou segurança das vacinas monovalentes.

No comunicado, a FDA diz que “vacinas monovalentes da Moderna e da Pfizer-BioNTech contra a Covid-19 não estão mais autorizadas para uso nos Estados Unidos” e que as bivalentes devem ser administradas em todos os indivíduos a partir dos 6 meses de idade.

A diferença é que as novas vacinas trazem em sua formulação duas partes do coronavírus. A primeira é a cepa original e a segunda é a variante ômicron que, atualmente, é a cepa da Covid-19 que mais contamina no mundo.

Nos Estados Unidos, todos os que se vacinaram com as duas doses da vacina monovalente devem passar pelo reforço com a vacina bivalente.

Leia também1 Pacheco e Tebet são confirmados no Lide Brazil, em Londres
2 Instrutor de autoescola morre após ser arrastado e esmagado na rua
3 DF: Ibama e Ibram fazem nova operação na casa de Torres
4 Coincidência? PGR "ressuscita" denúncia contra Kajuru; veja
5 'Sergio Cabral solto e Moro preso. Esse é o Brasil que você quer?'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.