Leia também:
X ONU se envolve e critica a morte de suspeitos em operação no RJ

Unesco: Quebra de patentes “pode salvar milhões de vidas”

Organização ressaltou que a "Covid-19 não respeita fronteiras"

Pleno.News - 07/05/2021 09h35 | atualizado em 07/05/2021 09h53

Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura Foto: Unesco

A Unesco apoia o movimento que busca quebrar as patentes das vacinas contra a Covid-19 por considerar que a iniciativa “pode salvar milhões de vidas e servir de exemplo para o futuro da cooperação científica”, afirmou nesta sexta-feira (7) a diretora-geral da organização, Anne Azoulay.

– A Covid-19 não respeita fronteiras. Nenhum país estará seguro até que a população de todos os países tenha acesso à vacina – ressaltou em comunicado.

De acordo com a nota, a campanha pela quebra de patentes das vacinas responde à convocação conjunta que Unesco, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos fizeram em outubro de 2020, de modo a abrir a ciência e estimular a cooperação científica.

Com esta pandemia, “o mundo embarcou em uma nova era da pesquisa científica”, afirma a Unesco, ao lembrar que pesquisadores chineses fizeram o sequenciamento do novo coronavírus em 11 de janeiro de 2020 e o publicaram online, possibilitando que cientistas alemães desenvolvessem um teste de detecção que foi compartilhado pela OMS com os governos de todo o mundo.

*EFE

Leia também1 Queiroga se posiciona contra quebra de patentes de vacinas
2 EUA devem enviar vacinas ao Brasil em breve, diz Bolsonaro
3 Governo libera R$ 6,6 bi para compra de vacinas da Pfizer
4 Moderna diz que sua vacina tem 96% de eficácia em adolescentes
5 Coronavírus: Rio identifica nova variante circulando no estado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.