Leia também:
X Sonda espacial da China pousa na superfície da Lua

Torre Eiffel será reaberta com capacidade limitada

Simbólico ponto turístico em Paris está fechado desde 30 de outubro

Pleno.News - 01/12/2020 17h22 | atualizado em 01/12/2020 17h34

Torre Eiffel será reaberta no próximo dia 16 Foto: Reprodução

Fechada desde 30 de outubro, devido ao crescimento do número de casos de coronavírus na França, a Torre Eiffel será reaberta no próximo dia 16, e já é possível comprar entradas.

Como outros espaços tradicionais, o mais simbólico ponto turístico em Paris fechou suas portas há pouco mais de um mês, como parte do plano de contenção do governo para evitar a propagação do vírus SARS-CoV-2.

A reabertura acontecerá um dia depois de expirar o decreto do presidente da França, Emmanuel Macron, para o fechamento de monumentos e museus. Em 15 de dezembro, caso a taxa de contágio continue alta, o confinamento da população dará lugar a um toque de recolher entre 21h e 7h.

Inicialmente, a Torre Eiffel estará aberta apenas até as 18h30 e com capacidade limitada em cada andar, mas também nas escadas e nos elevadores.

Os visitantes também devem respeitar as regras de proteção contra a transmissão da doença, tais como máscara, distanciamento social e higiene das mãos. Será fornecido álcool em gel em diferentes pontos da torre.

O monumento, que é um dos mais visitados no mundo, está sofrendo muito com a pandemia, com uma queda de 80% no número de visitantes e 70% no volume de negócios.

Mesmo nos períodos em que pôde ser reaberta, a torre viu uma queda significativa na venda de ingressos devido à queda no número de turistas estrangeiros, que em tempos normais representam mais de 80% do total.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Bolsonaro se reúne com líder do Paraguai: "Casamento perfeito"
2 Sonda espacial da China pousa na superfície da Lua
3 Carro invade área de pedestres e mata pessoas na Alemanha
4 Crise humanitária em 2021 será a pior desde 2ª Guerra, diz ONU
5 Argentina: Multidão protesta contra legalização do aborto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.