Leia também:
X China defende Rússia e culpa EUA por crise: ‘Irresponsáveis’

Time da Romênia proíbe atletas vacinados por ‘perda de energia’

Medida foi anunciada pelo pelo presidente do Steua Bucareste, George 'Gigi' Becali

Henrique Gimenes - 23/02/2022 14h21 | atualizado em 23/02/2022 15h19

Steaua Bucarest não pretende aceitar mais jogadores vacinados contra a Covid-19 Foto: EFE/ROBERT GHEMENT

Um time de futebol da Romênia decidiu proibir jogadores vacinados de disputarem partidas pela equipe. A decisão foi anunciada pelo presidente do Steua Bucareste, George “Gigi” Becali, que disse considerar que atletas imunizados “perdem a energia”. A informação foi dada pelo jornal Daily Mall.

Becali, um empresário e político romeno, afirmou que observou essa falta de energia também em sua família e em seus amigos.

– Vão rir de mim, mas é capaz de eu estar certo. As pessoas vacinadas perdem a energia. É algo científico. Não viram o caso do Rapid [Viena]? Os jogadores parecem que estão desmaiando, dormindo no chão. Todas as pessoas vacinadas perdem as forças! Também vejo isso na minha família e amigos, nos vacinados. Há alguns que não são afetados, mas tem efeitos principalmente nos mais velhos – destacou.

Contudo, após a declaração dele, o governo da Romênia emitiu um comunicado nas redes sociais e disse que “os jogadores vacinados NÃO perdem as forças após serem vacinados contra a Covid-19. De um ponto de vista médico e científico, não há estudos que suportem essa afirmação. A vacinação contra a Covid-19 não afeta o desempenho dos jogadores”.

George “Gigi” Becali Foto: EFE/Stringer

Leia também1 TST não cobrirá tratamento de Covid de quem não se vacinar
2 Moro elogia Doria e pede que '3ª via' apoie sua candidatura
3 Covid-19: Inglaterra deixa de isolar os cidadãos infectados
4 PTB aciona Justiça contra vacinação em escolas de SP
5 Remédio da AstraZeneca tem bons resultados contra câncer de mama

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.