Leia também:
X Em mensagem de Natal, rainha Elizabeth lamenta ausência do príncipe Philip

Após 85 dias, termina erupção do vulcão na ilha de La Palma

Vulcão ficou conhecido no Brasil pela remota possibilidade de causar um tsunami nas Américas

Thamirys Andrade - 25/12/2021 14h34 | atualizado em 25/12/2021 15h00

Cumbre Vieja Foto: EFE/Miguel Calero

A erupção do vulcão na ilha espanhola de La Palma finalmente terminou, após 85 dias de atividade, segundo confirmaram neste sábado (25) os técnicos que acompanharam o fenômeno ao longo de todo o período.

– A erupção terminou – declarou em entrevista coletiva o porta-voz do governo regional das ilhas Canárias, Julio Pérez.

O vulcão iniciou a atividade em 19 de setembro na parte sul da ilha de La Palma e durante mais de três meses expeliu toneladas de lava que invadiu milhares de hectares e forçou a evacuação de mais de 2.000 pessoas.

O comitê científico considera 13 de dezembro o último dia de erupção, quando o sinal de tremor parou e todos os parâmetros do vulcão diminuíram.

Contudo, foram concedidos alguns dias para verificar se o vulcão não estava se reativando antes de a erupção ser considerada terminada. Mesmo assim, as autoridades insistem que a emergência não acabou.

– Os riscos permanecem – disse o porta-voz do governo das Canárias, uma vez que ainda existem gases, cinzas e calor, que vão diminuir, motivo pelo qual as perspectivas são positivas.

Uma vez terminada a emergência, restará a reconstrução, que começará na próxima segunda-feira (27), anunciou Pérez. Para a primeira quinzena de janeiro está previsto o realojamento de pessoas que perderam casas devido ao avanço dos vários fluxos de lava.

Os danos causados pela erupção são espantosos: mais de 1.300 casas foram cobertas por lava, assim como construções agrícolas, de lazer, hotéis e escolas, assim como 73 quilômetros de estradas e outras infraestruturas, como de água, eletricidade e linhas telefônicas. Os danos foram extensos porque a erupção vulcânica ocorreu em uma área habitada.

No Brasil, o vulcão ficou conhecido devido a remota possibilidade de que o vulcão poderia provocar um tsunami nas Américas.

*Com informações da EFE

Leia também1 Em mensagem de Natal, rainha Elizabeth lamenta ausência do príncipe Philip
2 Fauci pede a americanos que não ceiem com parente não vacinado no Natal
3 Anel cristão da era romana é achado no mar em Israel
4 China: Mulheres poderão fazer cesariana sem 'aval' dos maridos
5 Governo Bolsonaro felicita Boric por vencer eleições no Chile

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.