Leia também:
X Vírus Nipah deixa autoridades de saúde em alerta na Índia

Talibãs açoitam jornalistas que cobriam protesto em Cabul

Repórteres foram capturados por extremistas e espancados com cabo

Monique Mello - 08/09/2021 17h59 | atualizado em 08/09/2021 19h34

Jornalistas foram açoitados por extremistas do Talibã Foto: Reprodução/Etilaatroz

Os jornalistas Taqi Daryabi e Nematullah Naqdi, do veículo afegão Etilaatroz, foram espancados por membros do Talibã, conforme informou o veículo nesta quarta-feira (8).

Os profissionais estavam realizando a cobertura de um protesto popular de mulheres contra o grupo extremista na capital Cabul, quando foram capturados.

O repórteres contaram que foram levados juntos até um local desconhecido e deixados cada um em uma sala, onde ocorreram as torturas. Eles foram açoitados com cabos e ficaram com marcas por todo o corpo, principalmente nas costas.

Após a captura ser noticiada na mídia, uma autoridade e dois outros jornalistas foram até o local, para reivindicar a libertação dos jornalistas, mas também foram aprisionados. Por volta de quatro horas depois, o cárcere chegou ao fim, com os talibãs liberando as cinco vítimas.

O dois jornalistas espancados foram encaminhados para o hospital.

De acordo com dados da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), pelo menos sete jornalistas foram assassinados no último ano no Afeganistão.

Leia também1 Organização expõe situação de cristãos no Afeganistão
2 Com tiros e lacrimogêneo, Talibã acaba com protesto de mulheres
3 Pentágono admite se aliar ao Talibã para combater EI afegão
4 Casa Civil: 'Argentinos entraram de maneira irregular no Brasil'
5 Produtores do filme de sucesso Quarto de Guerra lançam e-book

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.