Suspeitos de estupro são mortos ao reconstituir crime

Vítima foi sequestrada, abusada e assassinada

Gabriela Doria - 06/12/2019 18h34

Polícia da Índia matou suspeitos durante reconstituição de estupro coletivo Foto: Reprodução

A reconstituição do sequestro, estupro coletivo e assassinato de uma mulher de 27 anos terminou com a morte dos quatro homens acusados pelos crimes. Segundo a polícia da cidade de Hyderabad, na Índia, os criminosos tentaram fugir durante a reconstituição do brutal crime.

– Eles foram mortos a tiros. Tentaram roubar as armas dos guardas, mas foram mortos. Chamamos uma ambulância, mas morreram antes da chegada dos médicos – afirmou o vice-comissário da polícia local, Prakash Reddy.

O assassinato da jovem aconteceu no dia 27 de novembro. A veterinária foi sequestrada por um grupo de homens enquanto tentava ligar sua moto. O bando se aproximou oferecendo ajuda, mas ela ficou com medo e ligou para a irmã relatando o que aconteceu.

No dia seguinte ao telefonema, o corpo da mulher foi encontrado carbonizado embaixo de uma ponte. Os suspeitos foram detidos logo em seguida. Após a prisão dos homens, manifestantes fizeram um protesto contra a violência sexual dentro da delegacia onde eles estavam.

Uma parlamentar indiana chegou a defender o linchamento público dos suspeitos.

LEIA TAMBÉM+ Após ser assaltado, motorista atropela criminosos. Assista!
+ Menina comete suicídio por não aguentar estupros do pai
+ Marido mata estuprador de sua mulher: "Justiça foi feita"


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo