Senado americano aprova lei rigorosa contra o aborto

Estado do Alabama proíbe interrupção em qualquer fase da gravidez

Pleno.News - 15/05/2019 14h37

Aborto é proibido no Alabama, Estados Unidos Foto: AFP/SAul Loeb

Nesta terça-feira (14), o Senado do Alabama, estado norte-americano, aprovou uma lei bastante rígida contra o aborto. Agora, o estado proíbe a interrupção da gravidez em qualquer semana da gestação.

Não há exceções para estupro, incesto ou anencefalia. O médico que realizar um procedimento abortivo poderá pegar até 99 anos de prisão.

A maioria dos senadores são republicanos, conservadores, assim como a governadora do Alabama, Kay Ivey. Assim, a expectativa dos especialistas políticos é de que a medida seja sancionada logo. A minoria democrata da Casa protestou contra a medida.

Já o vice-governador e presidente republicano do Senado, Will Ainsworth, saudou a decisão dizendo que os legisladores “deram um grande passo na defesa dos direitos dos não nascidos”.

LEIA TAMBÉM+ Geórgia, nos EUA, estabelece lei mais dura para abortos
+ 7ª Marcha pela Vida reúne multidão em Copacabana
+ Atriz sofre aborto espontâneo e desabafa: "Veio me proteger"


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo