Leia também:
X Telescópio captura imagem mais nítida dos anéis de Netuno

Reino Unido promete armar a Ucrânia até que derrote a Rússia

Segundo Liz Truss, os ucranianos não estão defendendo o próprio país mas também os valores do Ocidente

Pleno.News - 22/09/2022 09h38 | atualizado em 22/09/2022 12h24

Liz Truss, primeira-ministra do Reino Unido Foto: EFE/EPA/Neil Hall

A primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss, prometeu nesta quarta-feira (21) nas Nações Unidas que seu país enviará mais armas para a Ucrânia e continuará a fazê-lo até que a Rússia seja derrotada.

– Os ucranianos não estão apenas defendendo seu próprio país, estão defendendo nossos valores e a segurança de todos – disse Truss à Assembleia Geral da ONU, em seu primeiro grande discurso em um fórum internacional.

A nova chefe do governo britânico garantiu que manterá ou aumentará o apoio militar à Ucrânia “pelo tempo que for necessário”.

– Novas armas do Reino Unido estão chegando à Ucrânia enquanto falo – afirmou Truss, que insistiu que seu país não descansará “até que a Ucrânia se imponha”.

A líder conservadora respondeu à mobilização de reservistas decretada pelo presidente russo, Vladimir Putin, assim como suas ameaças sobre o uso de armas nucleares, assegurando que o Kremlin “está tentando justificar seus fracassos catastróficos”.

Truss também aproveitou para apresentar seu projeto político ao mundo, assinalando como grande prioridade o crescimento econômico e prometendo cortes de impostos.

– Queremos que as pessoas mantenham mais do dinheiro que ganham, para que tenham mais controle sobre suas próprias vidas e possam contribuir para o futuro – declarou.

Segundo disse, seu objetivo é dar aos britânicos o “progresso que eles esperam” e “liderar um novo Reino Unido para uma nova era”, após a morte da rainha Elizabeth II e a ascensão ao trono de Charles III.

– Queremos que esta época seja de esperança e progresso, em que defendamos os valores da liberdade individual, autodeterminação e igualdade perante a lei – completou.

*AE

Leia também1 'Não vamos permitir uma guerra nuclear' promete Biden na ONU
2 Telescópio captura imagem mais nítida dos anéis de Netuno
3 Putin anuncia mobilização militar e cita potencial nuclear
4 Novo forte terremoto atinge 5 estados do México; há mortos
5 Protestos contra convocação de Putin já deixaram 46 presos na Rússia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.