Leia também:
X Grécia: Cresce número de mortos em incêndios

Reino Unido libera eutanásia sem consentimento legal

Até então, o Tribunal britânico deveria liberar o desligamento de aparelhos

Camille Dornelles - 30/07/2018 10h14

Eutanásia é liberada no Reino Unido Foto: Pixabay

Nesta segunda-feira (30), a Suprema Corte britânica votou a favor da eutanásia para pacientes em estado vegetativo. Até agora, familiares tinham que pedir um consentimento legal ao Tribunal de Proteção do Reino Unido para realizar a prática.

Com a decisão, basta um acordo mútuo entre a família e a equipe médica. Para os juízes britânicos, esse acordo é suficiente para “garantir a confiança pública na decisão”.

No Brasil, a eutanásia, mesmo assistida por um médico, é considerada homicídio. A pena é de dois a seis anos de prisão (em casos comprovados como piedosos) ou de até 20 anos.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Nova lei proíbe eutanásia em cachorros e gatos no RJ
2 Portugal se posiciona contra eutanásia e suicídio assistido
3 Itália registra primeira morte após 'Lei do Fim da Vida'

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.