Leia também:
X Talibã decapita jogadora de vôlei da Seleção por não usar véu

Rainha Elizabeth II, de 95 anos, passa a noite em hospital

A última vez que a monarca foi internada foi há oito anos

Gabriela Doria - 21/10/2021 20h10 | atualizado em 22/10/2021 10h46

Rainha Elizabeth II passou a noite internada em hospital de Londres Foto: EFE/EPA/Vickie Flores

A rainha da Inglaterra Elizabeth II, de 95 anos, foi internada em um hospital de Londres, nesta quarta-feira (20), após cancelar um compromisso oficial na Irlanda do Norte. Ela passou a noite na unidade de saúde e retornou para casa na tarde desta quinta (21).

A internação da monarca ocorreu por recomendação dos médicos reais, que entenderam que ela deveria ser observada por especialistas.

A monarquia britânica não informou em detalhes o que levou à necessidade de internação da rainha, mas, recentemente, ela foi proibida pelos seus médicos de ingerir bebidas alcoólicas, hábito diário que cultivava há décadas.

– Seguindo o conselho médico para descansar por alguns dias, a rainha foi ao hospital na tarde de quarta-feira para algumas investigações preliminares, retornando ao Castelo de Windsor na hora do almoço de hoje [quinta-feira] e permanece de bom humor – diz a nota oficial do Palácio.

Conhecida por sua boa forma e saúde, a rainha Elizabeth não pernoitava em um hospital há oito anos. Na ocasião, a monarca teve um problema estomacal.

Elizabeth II é aguardada na 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, a COP-26, que acontecerá no mês que vem, em Glasgow, na Escócia.

Leia também1 Talibã decapita jogadora de vôlei da Seleção por não usar véu
2 Nova onda da Covid faz Moscou impor quarentena total
3 Trump anuncia planos de lançar a TRUTH, sua própria rede social
4 Coreia do Norte confirma teste com míssil, e ONU faz reunião
5 Apple derruba app da Bíblia na China após pedido do governo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.