Leia também:
X Melinda fala sobre divórcio com Bill Gates e cita Jeffrey Epstein

Putin discursa: “Estamos em guerra contra neonazistas”

Presidente russo também anunciou ajuda financeira às famílias de soldados mortos ou feridos

Gabriela Doria - 03/03/2022 16h09 | atualizado em 03/03/2022 16h39

Presidente da Rússia Vladimir Putin anunciou aumento para soldados Foto: EFE/EPA/Mikhail Klimentyev/Kremlin Pool/Sputnik

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou em pronunciamento, nesta quinta-feira (3), que seus militares estão lutando contra neonazistas na Ucrânia. Ainda no discurso, ele afirmou que russos e ucranianos são um só povo.

– Não vou recusar minha convicção de que russos e ucranianos são o mesmo povo. Mesmo quando os ucranianos estão amedrontando sua população com a propaganda nacionalista. Nós estamos em guerra com neonazistas e isso mostra como o combate se desenrola. As formações nazistas, que incluem estrangeiros, estão usando a população civil como escudos – declarou.

O líder autocrata também se referiu ao governo ucraniano como “bandido” e negou que as Forças Armadas da Rússia têm interesse em deixar vítimas na Ucrânia.

– Temos que agir contra os bandidos. Em vez de desocupar as áreas residenciais, eles só põem mais tanques e máquinas de guerra. Eles agora estão capturando como reféns os russos. Estamos oferecendo corredores humanitários em todas as áreas, com suporte para a população civil – acusou.

O presidente russo também anunciou que irá pagar um auxílio financeiro às famílias dos soldados mortos ou feridos na guerra. Putin ainda revelou que irá aumentar o valor do soldo.

– Nosso dever é ajudar as vítimas dessa guerra pela segurança do nosso povo. A todos os familiares dos militares que morreram no momento da operação especial, vamos ajudar financeiramente com o valor de 40 milhões e 40 mil rublos. Vamos ajudar com uma compensação mensal também – afirmou.

Leia também1 Rússia deve decretar Lei Marcial nesta sexta-feira, diz Ucrânia
2 "Este aqui é o fim do mundo", afirma presidente da Ucrânia
3 Ucrânia: Líder do MBL posta foto de 2016 como se fosse em 2022
4 Nova lei na China torna cultos e reuniões de igrejas online ilegais
5 Cinegrafista foi um dos mortos em ataque à torre de TV em Kiev

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.