Leia também:
X Milhões de caranguejos canibais cruzam vias na Austrália. Vídeo!

Putin classifica relação dos EUA com Rússia como “insatisfatória”

Presidente russo, porém, voltou a dizer que está disposto a dialogar

Pleno.News - 18/11/2021 17h07 | atualizado em 18/11/2021 17h38

Putin e Biden
Presidentes russo, Vladimir Putin, e o estadunidense, Joe Biden Foto: EFE/EPA/Denis Balibouse/POOL

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, admitiu que há frieza atual na relação do país com os Estados Unidos, mas voltou a afirmar que está aberto ao diálogo, no momento em que está sendo costurado um encontro com o presidente norte-americano, Joe Biden.

– Estas relações, para dizer suavemente, estão em um estado insatisfatório – afirmou o chefe de governo russo, em uma reunião com a cúpula do Ministério das Relações Exteriores local.

Putin destacou que, na reunião que teve com Biden, em junho, em Genebra, na Suíça, Biden “abriu algumas oportunidades para o diálogo e o alinhamento gradual e ao fortalecimento das relações”.

– É importante que as duas partes desenvolvam, de maneira consistente, os acordos alcançados – garantiu o presidente da Rússia no encontro desta quinta-feira (18) com integrantes da Chancelaria.

– Algo já está sendo feito e é preciso admitir isso. Foi iniciado um trabalho conjunto sobre os problemas da estabilidade estratégica e segurança da informação – completou.

Sobre a eliminação dos obstáculos ao trabalho das respectivas embaixadas e consulados, Putin admitiu que não existem progressos concretos a serem relatados.

– Nossa propriedade foi confiscada nos Estados Unidos, em violação de todas as normas e regras internacionais – afirmou o presidente russo.

As declarações de Putin foram dadas em um momento em que Washington e Moscou estão preparando novos contatos entre os dois presidentes, embora não haja qualquer programação ou data já ventilada.

Nessa quarta-feira (17), o chefe do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev, e o assessor de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, conversaram por telefone como parte do diálogo por um novo encontro entre Putin e Biden.

Segundo o jornal russo Kommersant, os dois líderes poderão manter uma conversa virtual, por telefone, e um encontro presencial aconteceria em 2022.

*EFE

Leia também1 Milhões de caranguejos canibais cruzam vias na Austrália. Vídeo!
2 Paquistão aprova castração química de abusadores sexuais
3 Ativista cubano pede fim da romantização da ilha: 'Ditadura'
4 Justiça dos EUA condena 'Viking do Capitólio' a 3 anos de prisão
5 Em encontro virtual, Xi adverte Biden sobre "brincar com fogo"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.