Portugal acumula mais de 40 mil pedidos de cidadania

A maioria foi feita por cidadãos brasileiros que vivem no país

Pleno.News - 04/12/2018 14h16

Brasileiros são maioria nos pedidos acumulados de cidadania portuguesa Foto: Reprodução

O Ministério da Justiça de Portugal informou que mais de 40 mil pedidos de cidadania portuguesa estão pendentes. A maioria são oriundos de cidadãos brasileiros. O primeiro-ministro António Costa prometeu reforços financeiros e tecnológicos para acelerar os processos. Ele explica que parte da demora se deve à nova lei de nacionalidade em vigor desde 2016 e que se estendeu para netos de portugueses.

– Estamos a adotar medidas para reforçar os serviços do Ministério da Justiça, para tentar recuperar as pendências que temos na atribuição de nacionalidade. Vamos alterar os procedimentos de formas a que eles sejam mais rápidos e eficientes – disse o primeiro-ministro.

Além dos pedidos de cidadania, a emissão de vistos também foi afetada. O atraso impediu muitos universitários de conseguirem a documentação a tempo do início do ano letivo. Desde 2014, o Enem tem sido utilizado como forma de ingresso nas universidades portuguesas para atrair dos alunos brasileiros.

– Quanto aos vistos, respeitando aquilo que é a legislação comum na União Europeia, que temos de respeitar, temos procurado agilizar todo o procedimento da concessão, de forma a facilitar e a diminuir a pressão sobre a rede consular. Nestes últimos anos, nós fomos obrigados a fazer uma grande reestruturação na nossa rede consular, que foi bastante comprimida. Mas o que estamos a fazer é apostar muito nos serviços online, como forma de acelerar a concessão de vistos – explicou António Costa

LEIA TAMBÉM+ Maduro é recebido no México a gritos de 'ditador' e 'assassino'
+ ONU anuncia ajuda financeira a quem abrigar venezuelanos
+ Após manifestações violentas, França suspende imposto

  • Adicione nosso número de WhatsApp: +55 (21) 97150-9158 e envie sugestões direto para a redação.