Leia também:
X Após 2 anos, mulher acorda do coma e acusa irmão de agressão

Zelensky afirma que falou com Bolsonaro sobre guerra e grãos

Presidente ucraniano conversou com o líder brasileiro na manhã desta segunda-feira

Paulo Moura - 18/07/2022 12h14 | atualizado em 18/07/2022 13h59

Volodymyr Zelensky Foto: EFE/EPA/SERGEY DOLZHENKO

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, divulgou, por meio de sua conta no Twitter, os principais assuntos da conversa que teve com o presidente Jair Bolsonaro durante a manhã desta segunda-feira (18). Na publicação, o líder ucraniano disse ter informado o brasileiro sobre “a situação no front” e a respeito da importância de retomar a exportação de grãos.

– Tive uma conversa com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. [Ele foi] informado sobre a situação no front [de batalha]. [Nós] discutimos a importância de retomar as exportações de grãos para evitar uma crise alimentar global provocada pela Rússia. Apelo a todos os parceiros para que se juntem às sanções contra o agressor – escreveu.

Tuíte publicado por Volodymyr Zelensky Foto: Reprodução/Twitter

No domingo (17), Bolsonaro chegou a dizer a jornalistas que daria sua opinião sobre a guerra a Zelensky, caso o líder ucraniano solicitasse.

– Eu não sei o que ele vai falar comigo, (…), mas eu pretendo falar pra ele o que eu acho, se ele perguntar pra mim alguma coisa, de onde podemos colaborar, eu vou dar a minha opinião, só vou dar se ele pedir. O que eu posso adiantar pra vocês, [é que será] por telefone [e] vão estar o ministro e o intérprete, mais ninguém – disse.

Leia também1 Zelensky: "Esta é uma guerra que a Rússia não quer terminar"
2 Bolsonaro diz que apresentará solução da guerra para Zelesnky
3 Após 2 anos, mulher acorda do coma e acusa irmão de agressão
4 Temer: "TSE errou ao chamar Forças Armadas para eleições"
5 Luva diz que antigo empresário o proibia de sair: "Cárcere privado"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.