Leia também:
X 9º pacote suspeito recuperado nos EUA iria a vice de Obama

União Europeia pede auditoria sobre proteção do Facebook

Comissão do grupo afirmou que vazamentos de dados podem prejudicar democracia

Camille Dornelles - 25/10/2018 13h00

Comissão da União Europeia pede maior proteção a dados no Facebook Foto: EFE/PATRICK SEEGER

O plenário do parlamento da União Europeia (UE) pediu nesta quinta-feira (25) que o Facebook permita aos organismos europeus realizar uma auditoria para avaliar a proteção de dados pessoais dos usuários.

Os deputados declararam que desejam evitar um novo escândalo pelo uso indevido de informação, como o da empresa de consultoria Cambridge Analytica. O presidente da comissão de Direitos e Liberdades, o trabalhista britânico Claude Moraes, lembrou que este é um “assunto global que já influenciou em nossos referendos e eleições”.

Moraes acrescentou que “é preciso tomar medidas já, não só para restabelecer a confiança nas plataformas online, mas também para proteger a privacidade dos cidadãos e garantir a solidez de nossos sistemas democráticos”.

– Os dados obtidos pela Cambridge Analytica podem ter sido utilizados com fins políticos por ambas partes no referendo do Reino Unido sobre a filiação à UE” e destacam “a urgência de resistir a qualquer tentativa de manipular as eleições da UE e adaptar as leis eleitorais – atesta o documento entregue pela Comissão.

 

O pedido do parlamento europeu acontece após a revelação de que a informação pessoal de cerca de 87 milhões de perfis da rede social foi utilizada de maneira indevida.

 

Christoph Schott, diretor de campanha do movimento Avaaz, alertou que “uma onda de desinformação ameaça varrer toda a Europa antes das eleições do próximo ano”.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Facebook alerta brasileiros que tiveram dados roubados
2 Facebook revisa contas invadidas para 30 milhões
3 O que é verdade nas eleições? Veja 10 fake news verificadas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.