CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Falhou! Bebê nasce segurando DIU e surpreende médicos

Trump usa o Cristo em pedido por preservação de estátuas

Campanha do presidente americano utilizou a imagem da estátua ao declarar que vai proteger as obras

Paulo Moura - 06/07/2020 14h44 | atualizado em 06/07/2020 14h45

Estátua do Cristo Redentor Foto: Reprodução

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou uma imagem do Cristo Redentor como parte de um de seus anúncios de campanha para a eleição presidencial do próximo dia 3 de novembro. Na propaganda, que está sendo veiculada no Facebook, o chefe de Estado americano diz que vai proteger a estátua da “esquerda radical”.

A fala marca mais uma manifestação de Trump em protesto contra os movimentos que vem derrubando estátuas e monumentos ao redor do planeta. O anúncio é um de uma série de postagens que foram lançadas pela campanha do atual presidente no Facebook e no Instagram na semana passada.

– O presidente quer saber quem estava ao seu lado contra a esquerda radical. Nós enviaremos para o presidente Donald Trump, amanhã logo pela manhã, uma lista com o nome de todos os americanos que assinarem. Nós vamos proteger isso [a estátua do Cristo Redentor] – diz o texto.

Campanha de Trump promete proteger estátua do Cristo Redentor Foto: Reprodução

Além do Cristo Redentor, há outras postagens com conteúdos similares que utilizam tuítes e fotos do presidente e defendem o emblemático Monte Rushmore, na Dakota do Sul, onde estão esculpidos os rostos de quatro de seus antecessores históricos — George Washington, Thomas Jefferson, Theodore Roosevelt e Abraham Lincoln.

Nas últimas semanas, estátuas de figuras como Cristóvão Colombo e do ex-presidente Ulysses Grant foram derrubadas no país. Segundo Trump, tais atos devem ser tratados como “extremismo de esquerda” e “buscam acabar com os valores e a história dos Estados Unidos”.

A derrubada de estátuas de Jesus não é algo fora da realidade e já foi, inclusive, defendida pelo ativista de esquerda Shaun King, um dos membros fundadores do movimento Real Justice PAC e apoiador do “Black Lives Matter”. King chamou as estátuas de Cristo de “uma forma de supremacia branca” e disse que elas deveriam ser destruídas a exemplo de diversas outras obras.

Leia também1 Manifestantes derrubam nova estátua de Colombo nos EUA
2 EUA: Kanye West anuncia que será candidato à Presidência
3 Trump diz que EUA irão se recuperar de "praga da China"
4 Saiba quem é John Matze Jr, o criador da rede social Parler
5 Sem censura! O que é o Parler, a rede social conservadora

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo