Leia também:
X Influencer morre ao encenar sequestro para postar no TikTok

Trump se recusa a participar do 2° debate presidencial dos EUA

Após anúncio de que debate será feito de forma virtual, presidente americano declarou que não participará

Paulo Moura - 08/10/2020 10h20

Donald Trump, presidente dos EUA Foto: EFE/EPA/Yuri Gripas / POOL

Após a comissão que organiza os debates entre os dois principais candidatos a presidente dos Estados Unidos, Joe Biden e Donald Trump, anunciar nesta quinta-feira (8) que o segundo confronto entre eles será feito remotamente, o presidente Donald Trump disse que não participará do encontro se ele acontecer nesse modelo. O evento está marcado para a próxima quinta (15).

– Eu não vou perder meu tempo com um debate virtual, essa não é a ideia de um debate. Senta-se atrás de um computador e se debate, é ridículo. Isso não é aceitável para a gente – disse ele, em entrevista por telefone para a emissora Fox.

Trump afirmou que só soube da decisão de organizar um debate virtual nesta quinta-feira, minutos antes de sua participação por telefone no programa de TV. Ele acusou a comissão que organiza o debate de tentar proteger Biden.

A comissão, por sua vez, respondeu que o segundo debate terá o formato de um encontro com eleitores. Os candidatos participarão de lugares remotos e distintos. Os organizadores ainda citaram a saúde e segurança de todos os envolvidos como um dos motivos para a escolha do formato. O plano é que o moderador, Steve Scully, conduza o debate de um centro de convenções em Miami.

Leia também1 Trump: Vacina da Covid-19 deve estar disponível após a eleição
2 Ainda em recuperação, Trump volta a trabalhar no Salão Oval
3 Donald Trump já tem anticorpos, diz médico da Casa Branca
4 De volta à Casa Branca, Donald Trump promete ir a debate
5 Trump está sem sintomas e com sinais vitais estáveis, diz médico

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.