Leia também:
X Brasileira morreu ao defender filha de ataque a faca na Alemanha

Trump faz comício em Ohio e promete estar “longe de acabar”

Republicano discursou para milhares de apoiadores, cinco meses após deixar a Casa Branca

Pleno.News - 28/06/2021 18h09 | atualizado em 28/06/2021 18h22

Cinco meses após deixar a Casa Branca, Donald Trump faz seu primeiro comício Foto: EFE / EPA / DAVID MAXWELL

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, discursou para uma multidão de apoiadores neste sábado (26), na cidade de Wellington, em Ohio. O republicano traçou um panorama sombrio no país devido às políticas de imigração de seu sucessor no cargo, o democrata Joe Biden, no que a mídia apelidou de “turnê de vingança”.

A turnê de Trump tem como objetivo fortalecer candidatos aliados e consolidar sua influência sobre o Partido Republicano. O ato inaugura uma série de outras aparições públicas já programadas pelo republicano: um evento semelhante na Flórida no próximo fim de semana, uma visita à fronteira com o México e, em breve, uma ida à Geórgia.

– Na verdade, nossa luta apenas começou. Está longe de ter acabado – disse aos admiradores.

No seu primeiro contato com o público em um ato eleitoral, Trump criticou a política doméstica e a externa de Biden. Durante os 30 minutos iniciais de seu discurso, o ex-presidente abordou a onda de violência nas cidades americanas e o aumento de imigração como problemas causados pelos democratas. O fluxo recorde de imigrantes na fronteira tem sido a principal crise do governo Biden.

Comício em Ohio reuniu milhares de republicanos Foto: EFE / EPA / DAVID MAXWELL

O aumento dos homicídios com armas de fogo no país também preocupa os democratas e fez a Casa Branca lançar nesta semana um pacote de medidas para tentar conter o problema, com foco no maior controle no acesso a armamento.

– Polícias não são mais permitidas a fazer seu trabalho – afirmou Trump, ao relacionar a questão da violência ao desmantelamento dos departamentos policiais, que, segundo republicanos, é consequência das cobranças de eleitores democratas por mudanças na corporação.

Trump afirmou que o atual presidente dos EUA é catastrófico.

– Joe Biden está destruindo nossa nação diante de nossos próprios olhos – disparou.

Muitos dos presentes no comício traziam nas camisetas referências à suposta fraude na eleição americana de 2020 e frases insinuando que Joe Biden foi eleito de forma ilegítima. “Joe não é meu presidente” e “Trump ganhou” eram algumas das frases mais comuns nas roupas dos apoiadores.

– Vamos tornar a América poderosa de novo, rica de novo, orgulhosa de novo, segura de novo… nós tornaremos a América grande de novo – disse Trump, ao reciclar seu lema de campanha e encerrar um discurso de cerca de 90 minutos.

*Com informações da EFE e AE

Leia também1 EUA desenvolvem máscara que detecta Covid-19 em 90 minutos
2 EUA: Supremo nega avaliar uso de banheiro escolar por trans
3 Miami: Equipes abrem túneis em busca de sobreviventes de prédio
4 Irã afirma que é possível retomar o acordo nuclear
5 Biden quer endurecimento na fiscalização da venda de armas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.