Leia também:
X Joe Biden exige que Vladimir Putin atue contra ciberataques

Total de presos pela morte do presidente do Haiti chega a 19

A polícia local prendeu mais dois colombianos

Pleno.News - 09/07/2021 18h19 | atualizado em 15/10/2021 12h28

Presidente do Haiti, Jovenel Moise, foi morto em ataque Foto: EFE/Jean Marc Herve Abelard

A Polícia do Haiti anunciou nesta sexta-feira (9) a prisão de outros dois colombianos pelo suposto envolvimento no assassinato do presidente Jovenel Moise, o que elevou o total de suspeitos detidos para 19.

As autoridades haitianas ainda procuram seis supostos integrantes do comando, formados por 28 pessoas, e cujo paradeiro é desconhecido, informou a polícia em comunicado.

Até o momento, 19 pessoas foram presas, incluindo 17 colombianos e dois americanos de origem haitiana, enquanto três colombianos foram mortos em confronto com as forças de segurança haitianas.

A nota oficial afirma que “a colaboração da população é de suma importância na localização desses bandidos, para que a Polícia Nacional possa tê-los sob seu controle e encaminhá-los a um tribunal competente para responder por seus atos”.

Nesta quinta-feira (8), dezenas de pessoas em Porto Príncipe capturaram dois dos supostos mercenários colombianos e os entregaram às forças de segurança na delegacia de Pétion-Ville, na capital haitiana.

*EFE

Leia também1 Felipe Neto xinga comandante e recebe apoio de Omar Aziz
2 Joe Biden exige que Vladimir Putin atue contra ciberataques
3 Sob pressão, Jair Bolsonaro não recua: "Meu couro é grosso"
4 Ciro Gomes declara 'irrestrita solidariedade' a Barroso
5 Grupo protesta em Brasília pelo armamento dos cidadãos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.