Leia também:
X EUA voltam a pedir que seus cidadãos deixem a Rússia

TikTok anuncia suspensão parcial dos serviços na Rússia

Decisão foi anunciada neste domingo

Pleno.News - 06/03/2022 18h08 | atualizado em 07/03/2022 10h05

TikTok anuncia suspensão parcial dos serviços na Rússia Foto: Pixabay

Neste domingo (6), a rede social chinesa TikTok decidiu pela suspensão parcial dos serviços na Rússia. O aplicativo já não permitirá que sejam subidos vídeos e feitas retransmissões ao vivo a partir do país, segundo informaram as agências de notícias russas TASS e Interfax.

A justificativa é a lei aprovada nesta semana na Rússia que prevê penas de até 15 anos de prisão pela difusão do que as autoridades nacionais possam considerar “informações falsas” sobre a guerra na Ucrânia.

Segundo a Interfax, a companhia chinesa divulgou um comunicado no qual o TikTok indica que a segurança dos funcionários e usuários segue sendo a “principal prioridade”.

– Diante da nova lei de fake news da Rússia, não temos mais remédio do que suspender a transmissão ao vivo e de novos conteúdos no nosso serviço de vídeo, enquanto consideramos as implicações de segurança desta nova lei – apontou a empresa.

A princípio, não haverá mudanças no serviço de mensagens do aplicativo na Rússia.

Na última sexta-feira (4), o órgão regulador de meios de comunicação do país (Roskomnadzor), decidiu bloquear o acesso no território russo do Facebook e do Twitter, em resposta à decisão da União Europeia de vetar a emissora RT e a agência de notícias Sputnik, que foram acusadas de serem parte da máquina de guerra russa.

No sábado (5), a Agência EFE também motivada pela nova lei decretada, suspendeu temporariamente a atividade jornalística no território da Rússia. A empresa seguirá informando, na medida do possível, de outros locais, sobre a grave crise no Leste Europeu.

*EFE

Leia também1 Putin diz a Macron que Rússia não desistirá de seus objetivos
2 EUA e aliados avaliam proibir importação de gás da Rússia
3 "Não é apenas operação militar, é guerra", afirma papa Francisco
4 Ucrânia: Segunda tentativa de corredor humanitário fracassa
5 Brasileiros gastam até R$ 7 mil para lutar na guerra na Ucrânia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.