Leia também:
X Plano de Bill Gates de ‘escurecer’ o sol é proibido pela Suécia

Tereza Cristina afirma que meio ambiente não pode ser barreira

Ministra da Agricultura destacou que preocupações com o meio ambiente não podem se transformar em bloqueios ao comércio

Pleno.News - 07/04/2021 08h55 | atualizado em 07/04/2021 09h05

Ministra da Agricultura, Tereza Cristina Foto: PR/Isac Nóbrega

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse ao secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Tom Vilsack, com quem se reuniu na terça-feira (6), em videoconferência, que preocupações com o meio ambiente não podem se transformar em barreiras ao comércio.

– A existência de um comércio livre e desimpedido é, na minha visão, um importante elemento para o fortalecimento de uma agricultura sustentável – disse ela, segundo nota de sua assessoria.

Conforme a pasta, a cooperação entre os dois países na área agrícola, com troca de informações baseadas na ciência, e os compromissos com a produção sustentável pautaram a reunião. A ministra lembrou que Brasil e Estados Unidos são grandes produtores e exportadores de produtos agrícolas e reafirmou o interesse do Ministério da Agricultura em fortalecer laços históricos com os EUA.

Ainda conforme a nota, a ministra ressaltou a necessidade de os países do AG-5 (Estados Unidos, Brasil, Canadá, Argentina e México) discutirem questões baseadas na ciência, para desmistificar dúvidas ligadas à agricultura mundial.

– Cada vez mais existem interrogações e precisamos mostrar para o mundo que a agricultura pode produzir de maneira saudável e segura – destacou.

Segundo a Agricultura, o secretário norte-americano reforçou o compromisso dos Estados Unidos para tratar adequadamente as mudanças climáticas, por meio de pesquisas e inovação. Vilsack citou a cúpula sobre o clima que está sendo organizada pelo governo dos Estados Unidos, prevista para abril.

– Os Estados Unidos estão preparados para assumir compromissos com o mundo de acordo com o Acordo de Paris sobre como abordaremos o clima. O presidente (Joe Biden) preparou uma proposta de infraestrutura bastante ousada para negociação no Congresso e, se aprovada, acredito que servirá de base de investimentos consideráveis para energia limpa – disse Vilsack.

*Estadão

Leia também1 'Ninguém manda no presidente', afirma Eduardo Bolsonaro
2 Câmara libera venda a empresas de vacinas sem aval da Anvisa
3 Plano de Bill Gates de 'escurecer' o sol é proibido pela Suécia
4 Covid: Epidemiologista de Biden defende lockdown no Brasil
5 Câmara avalia liberar venda ao setor privado de vacina sem aval da Anvisa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.