Leia também:
X Youtuber é morto ao gravar pegadinha que simulava roubo

Sonda dos Emirados Árabes entra na órbita de Marte

Objetivo é estudar o clima e a atmosfera do planeta

Pleno.News - 09/02/2021 16h34 | atualizado em 09/02/2021 17h14

Marte Foto: Divulgação/ Veja

A sonda Al Amal, dos Emirados Árabes Unidos (EAU), entrou com sucesso na órbita de Marte nesta terça-feira (9), onde planeja estudar o clima e a atmosfera do planeta.

– Ao povo dos Emirados Árabes Unidos, ao povo do mundo árabe e islâmico, anunciamos a chegada dos EAU à órbita do planeta vermelho – anunciou diretor da missão, Omran Sharaf.

Omran deu declarações ao vivo pela televisão e pelas redes sociais, de dentro da sala de operações do Centro Espacial Mohammed bin Rashid, em Dubai.

Os EAU, com uma população de apenas 9,8 milhões de habitantes, mas com reservas de petróleo significativas, tornam-se o primeiro país árabe a colocar uma sonda na órbita de Marte.

A fase de inserção durou meia hora, tempo durante o qual a Al Amal (que significa “esperança”) queimou parte de seu combustível para reduzir sua velocidade de 121 mil km/h para 18 mil km/h.

O governo dos EAU havia anunciado as chances de sucesso da complicada manobra da sonda para entrar na órbita marciana após quase sete meses de viagem, na qual percorreu pouco mais de 480 milhões de quilômetros.

– Parabéns por Marte e pela História! Parabéns aos Emirados Árabes Unidos e a nossos países árabes! Vocês são nosso orgulho. Obrigado! – disse o príncipe herdeiro Mohammed bin Zayed.

Ele deu declarações aos integrantes do projeto, que estavam na sala de controle, após o sucesso da manobra ter sido anunciado.

Em um comunicado, a missão espacial afirmou que, “durante os próximos dois meses, a Al Amal testará o desempenho de seus instrumentos e sistemas”.

A sonda está programada para orbitar Marte pelos próximos quatro anos, a uma distância de 1 mil a 49.380 quilômetros de sua superfície, para reunir informações sobre a atmosfera, o clima e as estações.

Nos próximos dias, serão encerradas outras duas grandes operações para chegar à órbita de Marte: a da sonda chinesa Tianwen 1 e a do foguete americano Atlas V, que tentará deixar um veículo de exploração na superfície do planeta vermelho.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Fora da atmosfera: China realiza teste de interceptção de mísseis
2 Sonda espacial da China pousa na superfície da Lua
3 Brasil desenvolve míssil capaz de atingir países da América do Sul
4 Traje espacial da Space X foi criado por designer do cinema
5 Coreia do Norte exibe novo míssil balístico durante desfile

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.