Leia também:
X Homem mais rico do mundo pode comprar a CNN, diz TV

Site de campanha de Donald Trump é invadido e sai do ar

Coordenador de campanha afirmou que nenhum dado sensível foi vazado do portal

Paulo Moura - 28/10/2020 07h58 | atualizado em 28/10/2020 08h30

Presidente Donald Trump Foto: EFE/Michael Reynolds

O diretor de comunicação da campanha de Donald Trump à reeleição como presidente dos Estados Unidos, Tim Murtaugh, informou na noite de terça-feira (27) que o site oficial da candidatura sofreu um ataque cibernético e saiu do ar. Segundo ele, não foram vazados dados sensíveis do portal e a página retornou alguns minutos depois.

Murtaugh escreveu, em uma publicação no Twitter, que a coordenação de campanha trabalha com as autoridades policiais para encontrar os autores dos ataques. Até o momento nenhum suspeito de praticar a invasão foi encontrado.

A segurança cibernética tem aparecido como um dos principais alvos de preocupação nas eleições americanas e tem deixado em alerta tanto as equipes de campanha tanto de Trump quanto do candidato da oposição, Joe Biden, desde o começo da corrida eleitoral.

As atenções se intensificaram em agosto, quando o Segurança Cibernética (NCSC, na sigla em inglês) identificou tentativas de interferência de Rússia, China e Irã nas eleições americanas. No mês seguinte, a Microsoft disse ter detectado tentativas de grupos desses três países de invadir contas de pessoas e organizações envolvidas nas campanhas.

Leia também1 Amy Coney Barrett toma posse como juíza da Suprema Corte
2 Entenda como são as eleições presidenciais nos EUA
3 Trump: 'Esta é a mais importante eleição da história do nosso país'
4 EUA: Bolsonaro fez apelo por entrada de estudantes
5 Otimista, Donald Trump vota antecipadamente na Flórida

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.