Leia também:
X Zambelli ironiza jornalista após errar ‘previsão’ sobre tamanho de mesa na reunião entre Bolsonaro e Putin

Secretário diz que EUA não estão vendo recuo da Rússia

País acredita que um ataque deve acontecer nos próximos dias

Pleno.News - 17/02/2022 15h11 | atualizado em 17/02/2022 15h45

Tensão militar na fronteira da Rússia com a Ucrânia continua Foto: EFE/EPA/Sergey Kozlov

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, afirmou que não é possível ver o recuo das tropas russas na fronteira com a Ucrânia. Segundo ele, ao contrário do que Moscou diz, a Rússia deve atacar a Ucrânia nos próximos dias.

Durante reunião do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas, Blinken afirmou que os Estados Unidos têm informações de que a Rússia atacará Kiev, capital ucraniana, e grupos específicos ucranianos.

O secretário ainda destacou que enviou uma carta para o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, a fim de propor uma reunião presencial na próxima semana. Blinken reafirmou que espera que a Rússia escolha o caminho da diplomacia e que “prove” que o Ocidente está errado.

– Se a Rússia está comprometida com a diplomacia, estamos dando oportunidades para que demonstre isso – disse ele.

*AE

Leia também1 Rússia anuncia fim de manobras militares na região da Crimeia
2 Otan diz não ter visto "nenhum sinal" de recuo russo na Ucrânia
3 EUA anunciam fechamento da embaixada em Kiev, na Ucrânia
4 Biden: 'Rússia deve invadir Ucrânia nos próximos dias'
5 Rússia expulsa vice-embaixador dos Estados Unidos em Moscou

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.