Leia também:
X Bolsonaro embarca para Rússia e passa o cargo para Mourão

Rússia anuncia retirada parcial de tropas da fronteira ucraniana

Porta-voz do Ministério da Defesa russo afirmou que grupo concluiu exercícios militares

Paulo Moura - 15/02/2022 08h00 | atualizado em 15/02/2022 09h34

Rússia anunciou retirada parcial de tropas da fronteira com a Ucrânia Foto: EFE/EPA/Russian Defence Ministry

O porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov, anunciou nesta terça-feira (15) que o governo do país decidiu retirar algumas de suas tropas militares da fronteira com a Ucrânia. À agência Interfax, ele afirmou que diversas unidades “completaram suas missões” de realizar treinamentos na região.

– Unidades dos distritos militares do sul e oeste que completaram suas missões já começaram a embarcar no transporte ferroviário e automobilístico e começarão a retornar para suas guarnições hoje. Unidades separadas marcharão a pé como parte do comboio militar – afirmou.

Na segunda-feira (14), duas reuniões do presidente Vladimir Putin, cujos trechos foram exibidos pela imprensa russa, indicaram um recuo no cerco militar, que chegou a ter a participação de cerca de 130 mil soldados. Não está claro, porém, quantas tropas serão removidas da fronteira com a Ucrânia. O porta-voz da pasta russa de Defesa disse que alguns exercícios continuarão.

– As Forças Armadas russas continuam uma série de exercícios em larga escala para treinamento operacional de tropas. Praticamente todos os distritos militares, frotas e tropas aerotransportadas estão participando – informou Konashenkov.

O anúncio feito pelo Ministério da Defesa levou representantes do governo de Putin a acusarem o Ocidente de “histeria” por sugerir que uma guerra teria início na região. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Maria Zakharova, afirmou que a “propaganda ocidental falhou”.

– 15 de fevereiro de 2022 entrará para a história como o dia em que a propaganda de guerra ocidental falhou. Eles foram desonrados e destruídos sem que um único tiro fosse disparado – completou.

Leia também1 União Brasil, MDB e PSDB terão reunião para discutir federação
2 Revoltada, web lança repúdio com #LulaLadrão no Twitter
3 Enrolado em toalha, Marcius Melhem tentou agarrar atriz
4 Chamado de 'nazista', Kataguiri processa Jean Wyllys e mais 16
5 Kassio nega arquivar inquérito sobre "Janot matar Gilmar"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.