Leia também:
X Homem morre após beber o que pensava ser champagne caro

Rússia anuncia nova retirada militar da região da Crimeia

Tanques russos seguem deixando a região de fronteira

Paulo Moura - 18/02/2022 08h08 | atualizado em 18/02/2022 09h33

Rússia divulgou vídeo com retirada de equipamentos militares Foto: EFE/EPA/Russian Defence Ministry

A Rússia anunciou nesta sexta-feira (18) que começou a fazer a retirada de mais tanques da região da fronteira ucraniana e de aviões bombardeiros da península da Crimeia, área que era da Ucrânia até 2014, mas que foi anexada pelos russos.

– Outro trem militar com soldados e material que pertence a unidades de tanques do exército do distrito militar do oeste retornou para suas bases permanentes – afirmou o ministério da Defesa russo em um comunicado.

Um porta-voz da frota russa que foi citado pela agência de notícias Interfax anunciou que 10 bombardeiros Su-24 estacionados na Crimeia deixaram a península e seguiram para bases na Rússia, como parte de um exercício militar.

O governo dos Estados Unidos afirma que a Rússia mobilizou mais de 100 mil soldados nas proximidades da fronteira com a Ucrânia, o que provoca o temor de uma invasão ao país. Entretanto, o governo russo nega qualquer projeto neste sentido e, desde terça-feira (15), anunciou uma série de retiradas de suas tropas, com a apresentação de imagens de trens repletos de material militar.

Leia também1 Ex-líder do governo defende Aras de "intimidação" da CPI
2 PGR sugere arquivar ação contra Bolsonaro por vazamento
3 Câmara aprova isenção de IPTU para templos religiosos
4 Alerj "recua" e desiste de votar passaporte sanitário em escolas
5 Governo federal libera repasse de R$ 2,3 milhões para Petrópolis

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.