Leia também:
X Covid: Japão deve estender estado de emergência de Tóquio

Netanyahu vê investigação do TPI como “antissemita” e “ataque” contra Israel

Primeiro-ministro se pronunciou por meio de vídeo divulgado em redes sociais

Pleno.News - 03/03/2021 16h05 | atualizado em 03/03/2021 16h12

Benjamin Netanyahu Foto: EFE/EPA/ABIR SULTAN / POOL

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, classificou como “essência do antissemitismo e da hipocrisia” a decisão da procuradoria do Tribunal Penal Internacional (TPI) de abrir uma investigação por supostos crimes, e prometeu “proteger todos os soldados”.

– O tribunal tendencioso de Haia tomou uma decisão que é a essência do antissemitismo e da hipocrisia. Decretou que os nossos soldados heroicos e morais que lutam contra os terroristas mais cruéis da Terra são criminosos de guerra – disse em vídeo publicado nas redes sociais.

Segundo o premiê, “o Estado de Israel está sendo atacado”, motivo pelo qual disse que defenderá “cada soldado, cada comandante e cada cidadão”.

– O tribunal criado para impedir a repetição das atrocidades perpetradas pelos nazistas contra o povo judeu está agora se voltando contra o Estado do povo judeu. Não está dizendo nenhuma palavra contra Irã, Síria e outras ditaduras que estão cometendo verdadeiros crimes de guerra – acrescentou.

O presidente israelense, Reuven Rivlin, considerou “escandalosa” a abertura da investigação e disse que as autoridades permanecerão “em guarda” para garantir que os seus militares “não sejam prejudicados” pelas medidas do TPI.

O ministro das Relações Exteriores, Gabi Ashkenazi, classificou a abertura de investigações como “um ato de falência moral e legal” que faz parte de “uma decisão política” da procuradora-geral do TPI, Fatou Bensouda, a qual acusou de tentar “estabelecer prioridades para o seu sucessor” durante o “fim do seu mandato”.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Bolsonaro defende spray de Israel contra Covid: "Milagroso"
2 Chanceler irá a Israel por spray contra Covid-19, diz Bolsonaro
3 Após despedida, embaixador de Israel elogia Bolsonaro: 'Amizade que jamais esquecerei'
4 Brasília: Bolsonaro se despede do embaixador de Israel
5 Israel vacina quase metade da população contra Covid-19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.