Leia também:
X Após demissões, Twitter pede que alguns funcionários voltem

Na COP27, Maduro e Macron se cumprimentam amigavelmente

Ditador venezuelano tenta normalizar as relações bilaterais

Pleno.News - 08/11/2022 11h07 | atualizado em 08/11/2022 11h34

Maduro e Macron Foto: Reprodução/Jovem Pan News

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, cumprimentou nesta segunda-feira (7) o presidente da França, Emmanuel Macron, durante a COP27 que está sendo realizada na cidade egípcia de Sharm el-Sheikh, em uma tentativa de normalizar as relações bilaterais deterioradas desde 2019, quando o europeu rejeitou a legitimidade do líder chavista.

Na breve reunião, ambos apertaram as mãos e conversaram sorridentes, e Maduro convidou Macron para ir à Venezuela.

– Excelente aperto de mão com o presidente francês, Emmanuel Macron, em meio à COP27, que é sem dúvida um ponto de encontro entre os governos e os países do mundo. As portas da Venezuela estão abertas para o povo francês – disse Maduro no Twitter, onde publicou duas imagens do momento.

Segundo um comunicado de imprensa da presidência venezuelana, Maduro disse a Macron que, durante o seu discurso na sessão plenária desta terça-feira (8), explicará “a necessidade de acelerar os passos para cumprir os acordos assinados no passado”.

O presidente francês disse que vai “ratificar os compromissos assumidos no Acordo de Paris (2015) para enfrentar a crise climática, assim como no Pacto Gasglow (2021), para apoiar os países em desenvolvimento”, de acordo com o texto oficial.

Macron reconheceu o líder opositor Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela em 2019, quando ele, como presidente do parlamento venezuelano, desafiou a legitimidade de Maduro e ganhou o apoio de vários governos europeus.

O apoio da França a Guaidó, assim como o da maioria dos países ocidentais, diminuiu nos últimos três anos, quando o governo de Maduro fez progressos no restabelecimento das relações, um caminho que Caracas e Paris começaram a percorrer em julho deste ano com a instalação de um Grupo de Amizade Parlamentar entre Venezuela e França.

*EFE

Leia também1 Trump diz que fará "grande anúncio" no dia 15 de novembro
2 Lewis Hamilton recebe título de cidadão honorário brasileiro
3 Greenwald expõe autoritarismo de Alexandre de Moraes
4 Defesa apresentará o relatório sobre as eleições nesta quarta
5 Povo faz campanha e Exército ganha 6 milhões de seguidores

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.