Leia também:
X Inflação dos EUA alcança 7,9%, o maior valor em 40 anos

Militar boliviano que executou Che Guevara morre aos 80 anos

Mario Terán faleceu na madrugada desta quinta-feira

Pleno.News - 10/03/2022 15h37 | atualizado em 10/03/2022 18h58

Che Guevara Foto: EFE/Manuel Iglesias/yv

O militar boliviano Mario Terán, conhecido por executar o guerrilheiro Ernesto Che Guevara, morreu na madrugada desta quinta-feira (10), em um hospital localizado na cidade de Santa Cruz de La Sierra, no leste da Bolívia.

A informação foi confirmada pela agência EFE junto ao militar da reserva Gary Prado Salmón, que prendeu um dos líderes da Revolução Cubana.

Segundo a fonte, Terán faleceu depois de ter ficado vários dias internado no Hospital da Corporação do Seguro Social Militar (Cossmil), que fica em Santa Cruz.

– Me avisaram que ele estava internado, e que, à noite, não tinham esperança de qualquer possibilidade de recuperação. Às 7h (8h de Brasília), me avisaram que ele morreu – contou Prado Salmón.

O militar da reserva disse que Terán apresentava diversos problemas de saúde que, provavelmente, foram se agravando com a idade.

A expectativa era de que o velório do militar acontecesse ainda nas próximas horas, em Santa Cruz de la Sierra.

Prado Salmón contou que ele mesmo recomendou Terán a manter um perfil mais discreto, diante do assédio que recebeu por ter sido o executor de Che Guevara.

– Ele sofreu bastante com isso, mas soube ir em frente, tranquilo – contou o militar da reserva.

Prado Salmón lembrou que, o então presidente da Bolívia, René Barrientos, assumiu na época a responsabilidade pela execução de um dos líderes da Revolução Cubana, ocorrida em 9 de outubro de 1967.

*EFE

Leia também1 Apesar de veto, deputada do PT vai à escola e participa de debate
2 Diferença entre Lula e Bolsonaro cai mais de 3 pontos em um mês
3 "Lula não vai mais enganar o segmento evangélico", diz líder da bancada
4 Lula: MTST não será coadjuvante, mas sujeito da história
5 Tabata Amaral: 'Já que vamos ter Lula, que seja com um vice como Alckmin'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.