Leia também:
X Cocaína “envenenada” deixa ao menos 20 mortos na Argentina

Maduro promete triplicar voos para repatriar venezuelanos

Aumento começará a partir de março

Pleno.News - 03/02/2022 09h15 | atualizado em 03/02/2022 09h28

Nicolás Maduro Foto: EFE/Prensa Miraflores

Nesta quarta-feira (2), o líder venezuelano Nicolás Maduro prometeu que, a partir de março, serão triplicados os voos do chamado Plano Volta à Pátria, que começou em setembro de 2018, para facilitar a volta de migrantes que foram vítimas de xenofobia nos países onde estavam.

As declarações de Maduro foram dadas durante um evento transmitido pela emissora estatal Venezolana de Televisión (VTV).

– Para os meses de março em diante, vamos ter uma nova fase do Plano Volta à Pátria. Vamos triplicar o número de voos para trazer venezuelanos já inscritos no plano – anunciou ele.

Maduro também explicou que os venezuelanos deixaram o país em busca de uma “melhor oportunidade econômica”, mas tem havido “muita discriminação. Muita xenofobia que tem sido semeada contra a Venezuela”.

– Eles são atacados, como o recente ataque no Chile, mais uma vez no mesmo campo: atacados com ódio, desprezo, xenofobia, com fascismo – condenou.

Em 8 de dezembro de 2021, a VTV informou que, através do projeto governamental, 27.537 venezuelanos de 19 países foram repatriados voluntariamente.

Segundo a última atualização da Plataforma de Coordenação Interagencial para Refugiados e Migrantes Venezuelanos (R4V), existem aproximadamente 6.040.290 migrantes e refugiados venezuelanos no mundo, e pelo menos 4.994.017 estão na América Latina e no Caribe.

*EFE

Leia também1 Cocaína "envenenada" deixa ao menos 20 mortos na Argentina
2 'O mundo não aguenta mais a pandemia', apela diretor da OMS
3 EUA: Exército começa a expulsar soldados que não se vacinaram
4 Aviões bombardeiros russos são interceptados por caças britânicos
5 Tensão na Ucrânia: EUA enviam 3 mil soldados à Europa Oriental

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.