Leia também:
X Bolsonaro manda recado: “Quem demite ministro sou eu”

Maduro pede a Biden o fim da ‘demonização’ de seu governo

Líder venezuelano quer aproximação com os Estados Unidos

Thamirys Andrade - 22/01/2021 11h52 | atualizado em 22/01/2021 12h32

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro Foto: EFE/Miraflores Press

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, fez um apelo ao novo chefe do executivo norte-americano, Joe Biden, pela mudança de posicionamento da nação acerca do governo venezuelano. Durante o Prêmio Nacional de Cultura, nesta quarta-feira (20), Maduro manifestou o desejo de “melhorar o relacionamento com os Estados Unidos” e pediu o fim do que ele chama de “demonização da revolução bolivariana”.

– Me chamou a atenção que o presidente Joe Biden falou sobre a “demonização” que fizeram a eles [Democratas]. Eles pediram para superarmos a demonização que os supremacistas e a extrema direita fizeram das forças políticas lideradas por Biden, então pensei: “podemos fazer o mesmo”. Peço ao governo dos EUA para superar a demonização que fizeram da revolução bolivariana.

A declaração de Joe Biden à qual Maduro se refere foi feita durante o discurso de posse presidencial, também na quarta-feira (20). Na ocasião, Biden disse: “Que a era sombria de demonização nos EUA comece a acabar aqui e agora” e ele prometeu promover a união entre a população.

Apesar dos pedidos de Maduro, Joe Biden não está inclinado a reconhecer o governo do venezuelano. De acordo com Anthony Blinken, indicado pelo democrata para a Secretaria de Estado, Biden vai considerar Juan Guaidó, líder da oposição venezuelana, como o presidente do país. Segundo a agência Reuters, Blinken disse que Biden buscará sanções ainda mais eficazes para derrubar Maduro.

Leia também1 Biden propõe à Rússia ampliação de 5 anos de tratado nuclear
2 Estados Unidos deixam a aliança internacional contra o aborto
3 Presidente argentino é vacinado contra Covid-19 com Sputnik V
4 'Sem data para conversar com o Brasil', diz porta-voz de Biden
5 Saiba quais foram as primeiras medidas adotadas por Joe Biden

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.