Leia também:
X Papa Francisco expressa apoio a vítimas de enchentes no Brasil

Maduro fala em erradicar extrema pobreza na Venezuela até 2025

"Vai ser difícil, mas tem que ser a meta", declarou o líder venezuelano, no sábado

Pleno.News - 16/01/2022 15h39 | atualizado em 17/01/2022 11h35

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro Foto: EFE/Prensa Miraflores

Neste sábado (15), Nicolás Maduro, prometeu erradicar, até 2025, a extrema pobreza na Venezuela, situação que, de acordo com a Pesquisa sobre Condições de Vida (Encovi) da Universidade Católica Andrés Bello (UCAB), corresponde a 76,6% da população.

Maduro garantiu ao Parlamento que, em 2021, a extrema pobreza no país, “medida com esta metodologia das Nações Unidas”, era de 4,1% da população.

– Propusemos, para 2025, extrema pobreza zero. Vai ser difícil, mas tem que ser a meta – declarou.

Maduro disse também que houve uma melhora “substancial” nos indicadores de pobreza “geral”, de 18,4% para 17,7% em 2021, “em meio à recuperação econômica milagrosa”.

Em setembro de 2021, a UCAB informou que, segundo a Encovi, 94,5% dos venezuelanos vivem abaixo da faixa de pobreza, caso seja medida pela renda.

A pesquisa também mostrou que 76,6% dos venezuelanos vivem abaixo da linha de extrema pobreza, o que representa 8,9 pontos percentuais a mais do que no relatório anterior, de 2019/2020.

Na apresentação do relatório, Luis Pedro España, pesquisador e professor da UCAB, explicou que o crescimento da pobreza atingiu “o que pode ser o teto” e disse duvidar de que cresça ainda mais.

O estudo mostrou que, em 2019/2020, a taxa de extrema pobreza era de 67,7%, enquanto, em 2018, era de 76,5% da sociedade.

*EFE

Leia também1 Eduardo rebate venezuelano que criticou Jair Bolsonaro
2 Chanceler venezuelano ataca Bolsonaro e pede transferência de migrantes
3 Maduro sofre derrota parcial em disputa judicial contra Guaidó
4 Maduro diz ter se reunido com "alguém da CIA" recentemente
5 Ex-general diz poder provar que Venezuela financiou Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.