Leia também:
X Na Indonésia, Cauã Reymond grava vídeo sobre terremoto

Irã afirma que aumentou sua produção de urânio enriquecido

Declaração foi dada nesta terça-feira

Pleno.News - 22/11/2022 16h34 | atualizado em 22/11/2022 16h55

Bandeira do Irã Foto: Pixabay

Nesta terça-feira (22), autoridades do Irã informaram que o país aumentou sua produção de urânio enriquecido que pode ser usado em armamentos ao iniciar produção em uma segunda instalação nuclear. Trata-se de uma resposta à repreensão formal feita pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) contra o Irã, na semana passada, por não cooperar com a entidade.

O Irã já produz urânio enriquecido em 60% de sua principal instalação nuclear, para fornecer combustível para pelo menos uma arma nuclear. A declaração desta terça, divulgada pela mídia estatal iraniana, indica que Teerã, agora, também produzirá urânio altamente enriquecido em sua usina nuclear subterrânea fortificada de Fordow.

A AIEA deve informar sobre novas atualizações do programa nuclear do Irã na tarde desta terça, segundo diplomatas ocidentais.

O Irã ameaçou tomar medidas de retaliação em resposta ao apoio do conselho da AIEA a uma resolução elaborada pelos Estados Unidos e pela Europa repreendendo Teerã por não cooperar com uma investigação da agência sobre material nuclear não declarado encontrado em território iraniano. O país tomou medidas semelhantes para aumentar seu programa nuclear e reduzir a supervisão da AIEA de suas atividades após resoluções anteriores do conselho da agência.

O Irã vem expandindo seu programa nuclear desde 2019, um ano depois que o governo de Donald Trump tirou os EUA do acordo nuclear de 2015 – que, por sua vez, suspendeu a maioria das sanções internacionais contra Teerã em troca de fortes restrições, mas temporárias, às suas atividades nucleares.

Os esforços para restabelecer o pacto, que incluiria medidas do Irã para reduzir seu estoque de urânio enriquecido por vários anos, estão atualmente paralisados e com pouca perspectiva de retomada.

*AE

Leia também1 Na Indonésia, Cauã Reymond grava vídeo sobre terremoto
2 Mulher trans vence concurso de Miss nos EUA
3 Indonésia: Número de mortos em terremoto passa de 250
4 Sete seleções europeias desistem de usar símbolo LGBTQ+
5 CEO da Disney que impulsionou pautas de gênero é demitido

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.