Leia também:
X Organização dos Jogos Olímpicos confirma 58 casos de Covid-19

Haiti: Primeiro-ministro diz que irá renunciar ao cargo

Claude Joseph foi apontado pela imprensa como suspeito de mandar assassinar o presidente

Pleno.News - 19/07/2021 12h15 | atualizado em 19/07/2021 12h24

Claude Joseph primeiro ministro do Haiti
Claude Joseph, primeiro ministro do Haiti Foto: EFE/ Orlando Barría

Claude Joseph, primeiro-ministro interino do Haiti, que vem liderando o país desde o assassinato do presidente Jovenel Moise, em 7 de julho, anunciou que renunciará ao cargo e passará o poder para Ariel Henry.

A informação foi confirmada nesta segunda-feira (19) pela Agência Efe junto ao Ministro de Assuntos Eleitorais haitiano, Mathias Pierre.

Henry foi nomeado primeiro-ministro do Haiti dois dias antes da morte de Moise, mas não chegou a ser empossado. No último sábado, ele recebeu apoio da Organização das Nações Unidas e de um grupo de países estrangeiros.

Na última semana, a imprensa colombiana divulgou que Claude teria se tornado suspeito de ser o mandante do assassinato de Moise, embora a informação tenha sido negada pela polícia haitiana que já estava subordinada ao primeiro-ministro.

*EFE

Leia também1 Viúva do presidente Jovenel Moise volta ao Haiti
2 Ministério da Justiça leiloará bens apreendidos de crimes
3 Governo promove enxugamento histórico da máquina pública
4 Internada, Claudia Rodrigues apresenta melhora e deixa UTI
5 Organização dos Jogos Olímpicos confirma 58 casos de Covid-19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.