Leia também:
X George Soros e o filho receberam “auxílio emergencial” americano

Haiti: Autoridades seguem em silêncio após rapto de religiosos

Até o momento não há informações oficiais sobre a situação dos missionários

Pleno.News - 05/11/2021 16h34 | atualizado em 05/11/2021 17h29

Christian Aid Ministries Foto: EFE/ Orlando Barría

As autoridades do Haiti mantêm nesta sexta-feira (5) silêncio sobre o sequestro, nos arredores de Porto Príncipe, de missionários e suas famílias, 20 dias após o ocorrido. O grupo de religiosos é composto por 16 americanos e um canadense.

Até o momento, não há informações oficiais sobre a situação do grupo, que está nas mãos da gangue 400 Mawozo, uma das mais perigosas do Haiti, que controla o distrito de Croix-des-Bouquets, onde as vítimas, incluindo cinco crianças, foram capturadas no dia 16 de outubro.

A Casa Branca também não se pronunciou sobre o caso nos últimos dias, após ter deixado claro que não negociaria com os criminosos, que exigem um resgate de US$ 17 milhões, US$ 1 milhão por cada um dos sequestrados, todos pertencentes ao grupo religioso Christian Aid Ministries.

O envolvimento dos Estados Unidos na resolução do sequestro só foi confirmado pelo fato de membros do FBI estarem envolvidos na investigação.

Na semana passada, Jake Sullivan, conselheiro de segurança nacional do presidente Joe Biden, disse que Washington está avaliando “todas as opções possíveis” para garantir a libertação dos missionários, sem fornecer mais detalhes.

A sede do Christian Aid Ministries no Haiti, localizada na cidade de Titanyen, não tem qualquer informação sobre seus missionários desde que foram levados pelos criminosos, após uma visita ao orfanato nos arredores de Porto Príncipe.

Os sequestros se tornaram comuns no Haiti desde o início de 2020, ocorrendo indiscriminadamente e afetando pessoas de qualquer natureza social, pois se tornaram fonte de financiamento para grupos armados que controlam vários bairros de Porto Príncipe e outras áreas do país.

*EFE

Leia também1 Haiti: Criminosos exigem R$ 94 milhões para soltar missionários
2 Grupo armado é responsável pelo sequestro de missionários
3 No Haiti, missionários dos EUA são sequestrados por gangue
4 Bancada evangélica repudia veto a missões em terras indígenas
5 STF proíbe ida de missionários a terras indígenas a pedido do PT

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.